Exposição traz peças em tecido, vestuário e objetos

O Instituto Botucatu, com apoio da Secretaria Municipal de Cultura e da Fundação Japão – São Paulo, promoverá de 21 de outubro a 7 de novembro a exposição A Natureza, de Hisako Kawakami e Clarice Borian. 

As artistas, com ampla experiência em fazeres têxteis manuais, compartilham com o público suas pesquisas mais recentes desdobradas em tecidos, desenhos, bordados, vestuários, peças de decoração e objetos. As obras poderão ser visitadas na sede do Instituto, localizada na Rua Reverendo Francisco Lotufo, 652 – Vila Nogueira, Botucatu. A entrada é franca.

De origens e formações distintas, Hisako Kawakami – japonesa de Tóquio – e Clarice Borian – brasileira da fronteira entre Paraná e Mato Grosso – têm na natureza sua referência primordial e o ponto de tangência de suas investigações. Suas produções revelam-se, no entanto, diversas em sua aparência e complementares em sua essência.  

Inspirada na natureza, Hisako dá vida às suas peças por meio do tingimento de tecidos com elementos orgânicos. Já Clarice Borian surge representada como memórias pessoais e coletivas de um lugar que se pretende resgatar e ressignificar.

Enquanto Hisako, pelo próprio procedimento empregado, oferece aos observadores trabalhos nos quais a paleta de cores esbanja harmonia, Clarice apresenta seu universo de cores dissonantes advindas da cultura urbana de matriz pop-tropical. 

A pluralidade das técnicas utilizadas pelas duas artistas, bem como as peças delas resultantes, revela a potência do fazer que emprega o tecido como um espaço de criação para a sensibilidade contemporânea. Suas criações afirmam a tradição, incorporando-a, atualizando-a e subvertendo-a de modo a alinhavar categorias como artesanato/arte/design/moda que são, novamente, fatos plásticos integrais.

Instituto Botucatu é uma organização sem fins lucrativos, com sede  cidade de Botucatu. Atua no desenvolvimento sociocultural de comunidades e indivíduos elaborando processos de design social, por meio de intercâmbios entre designers, artistas e artesãos, a fim de promover inclusão social e auto-sustentabilidade dos grupos envolvidos com base na criação e produção de cultura e arte. Saiba mais: http://www.institutobotucatu.org.br/

 

Sobre as artistas

Hisako Kawakami: Nascida em Tókio, estudou pintura a óleo e desenho de estamparia na Faculdade Feminina de Belas Artes na capital japonesa. Especializou-se em tingimento no Instituto de Tintura de Setagaya, também no Japão. Ela vive e trabalha há mais de 40 anos no Brasil e foi pioneira na difusão da Arte Koguei- arte tradicional japonês- no Brasil ao participar e ser parte da organização arte koguei do Bunkyo em São Paulo. Sua maior contribuição é o desenvolvimento e difusão de técnicas de tingimento, baseadas no conhecimento tradicional japonês, adaptadas aos pigmentos da flora brasileira para comunidades de artesãos no Brasil e na África.

Chegou ao Brasil em 1967. De 1968 a 1996 participou da Exposição de Arte Koguei realizada anualmente na Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa, em São Paulo. Desde 1992 trabalha junto ao designer Renato Imbroisi, em comunidades de artesãos no Brasil e na África.  

Clarice Borian: Estudou antropologia e administração de empresas. Realizou várias experiências bem sucedidas como criadora e gestora de produtos. Criou e dirigiu em São Paulo, de 1997 a 2011, a Brazoo (confecção de roupas femininas, produzidas manualmente por artistas e artesãos), onde trabalhou com diversas técnicas manuais, narrativas fabulescas e histórias de pessoas comuns que estruturaram coleções de roupas. Além de desenvolver modelos diversificados de parcerias.

Atualmente é ‘palpiteira’ e consultora em produtos, ideias e projetos que buscam uma identidade autoral, além de desenvolver uma linha de criações autoral, suas ‘inutilidades’, como gosta de chamar.