Espaço Cultural recebe grande público no 1º Samba Fest

O final de semana em Botucatu foi uma verdadeira apologia ao samba e o Espaço Cultural “Antônio Gabriel Marão”, foi palco para o encontro de centenas de pessoas para prestigiar a programação da Liga das Escolas de Samba de Botucatu (Liesb), em parceria com a secretaria de Turismo, com o 1º Samba Fest. Nos dois dias do evento, durante todo o dia, houve rodas de samba, artesanato, praça de alimentação, praça de diversão, além de shows de diferentes grupos de sambistas.

A finalidade do evento muito mais do que arrecadar fundos para as escolas e Liesb, foi estreitar os laços de amizade e parceria entre os diretores dos blocos e escolas de samba da cidade, visando o carnaval de rua de 2010. Pelo menos quatro escolas de samba da cidade estarão desfilando na passarela do samba que deverá voltar pra Rua Amando de Barros, em 2011. São elas: Gente Unida da Vila Maria; Águia Imperial da Cohab I e Vila Cidade Jardim; Estopim da Fiel Corintiana e Camisa Verde e Rosa da Vila Aparecida. Além das escolas vários blocos já confirmaram a participação no carnaval do ano que vem.

O presidente da Liesb, Paulo Marcelo Sanches Garcia, o Vavá, ressaltou que o evento atendeu as expectativas e a presença do público ficou dentro do esperado. “O frio neste final de semana atrapalhou um pouco, mas no geral, o nosso Samba Fest foi positivo e com certeza iremos promover outros eventos antes do carnaval. O importante é que as escolas e blocos estiveram presentes e isso só fortalece a Liesb”, colocou Vavá.

“Gostaria de agradecer publicamente aquelas pessoas que de alguma maneira deram sua parcela de contribuição para que esse evento acontecesse. Nosso propósito é oferecer a Botucatu no ano que vem, um bonito carnaval de rua e não vamos medir esforços para que isso aconteça”, acrescentou o presidente da Liesb.

Entusiasmada com a repercussão do evento, a vice-presidente da Liesb, Terezinha Berchior já fala na segunda edição do Samba Fest para este ano. “Acho plenamente possível fazer mais um evento dessa natureza este ano. Na verdade, vamos procurar colocar a Liesb em eventos que fazem parte do calendário de eventos do município. Estamos trazendo de volta as escolas de samba para que nosso carnaval tenha muito mais brilho e glamour”, ressaltou Terezinha.

Para Luciana Alho, assessora de eventos da Secretaria Adjunta de Turismo, o objetivo do 1º Samba Fest, de divulgar o carnaval de Botucatu e a cultura brasileira foi atingido. “Eventos como esse fazem com que antes dos desfiles de 2011 a população possa conhecer os integrantes das escolas que compõem o carnaval do município. Tivemos um final de semana totalmente voltado ao samba, com muitas atrações. Esse 1º Samba Fest foi preparado para a família e a todos que amam o samba e a cultura carnavalesca”, frisou a assessora.

A programação de shows começou no sábado, ? s 18 horas, quando subiu ao palco o grupo Doce Delírio, de Botucatu, que é considerado um dos melhores grupos do interior do Estado. Na sequência, ? s 20 horas, o show ficou por conta de Tuco e o Batalhão de Sambistas, que levou o público ao delírio com o verdadeiro samba de raiz da melhor qualidade. O grupo paulistano é vencedor do PROAC – Projeto Arte e Cultura e está lançando seu primeiro CD, trazendo 25 faixas com composições assinadas por verdadeiras lendas do samba brasileiro.

No domingo (15), ? s 18 horas, houve a roda de samba com o grupo Samba de Primeira e ? s 20 horas a animação ficou por conta do grupo Mais que Presença. Não faltou a apresentação das rainhas de baterias das escolas de samba, que apesar do frio, deram um show de graça, charme, beleza e sensualidade.

Fotos: Quico Cuter / David Devidé