Encontro de Veículos Antigos de Botucatu marcado para maio

Pelo terceiro ano consecutivo a área histórica da Fazenda Lageado abrigará o “Encontro de Veículos Antigos de Botucatu”. Essa edição de número 6 acontecerá nos dias 21 e 22 de maio. Como nos encontros anteriores os veículos ficarão expostos no Terreiro de Café e ao redor dos prédios que compõem o conjunto histórico.

Por outro lado, a organização está preparando um esquema especial para facilitar o acesso dos visitantes até a área. Para isso deverão circular nos dias do evento ônibus que transportarão as pessoas dos espaços destinados a estacionamento até o espaço de exposições.

“Nesta edição também estão sendo estudadas algumas novidades objetivando oferecer mais atração ? população”, diz o coordenador do Museu do Café, José Eduardo Candeias, enfocando que o evento é uma iniciativa da Associação Botucatuense de Veículos Antigos (AVAB) e conta com diversos parceiros.

{n}Guia de Serviços{/n}

Outra informação vinda do Lageado é sobre a edição de número 14 do Guia de Serviços, Compras e facilidades, que é distribuído gratuitamente em hotéis, postos, restaurantes, cafés, lojas e parceiros e eventos da cidade de Botucatu e região. Ela trouxe um texto sobre o Museu do Café. Esse guia apresenta também um mapa do estado de São Paulo e um da cidade de Botucatu, com seus principais atrativos e pontos de interesse para os visitantes.

{n}Novos objetos{/n}

Objetos recentemente doados ao Museu passaram a ser expostos. Um deles é a maquete de “Máquina de Pilão” doada pelo Professor Roberto Sogayar. A outra é a maquete da máquina de “Torrão Paulista”, doada pelo por João Carlos de Oliveira, herdeiro de João de Oliveira. Esses objetos foram colocados em expositores especialmente confeccionados para tal finalidade e protegidos por vidro.

Além desses objetos, o museu está preparando outros que serão também expostos, todos eles doados. “Com essa ação, as famílias que doaram os objetos como forma de perpetuar a importância do equipamento, podem conferir que num prazo relativamente curto, o museu tornou possível oferecer aos nossos milhares de visitantes esses novos atrativos”, ressalta Candeias, lembrando que as pessoas que tenham interesse em fazer o mesmo podem procurar o Museu do Café por meio do telefone (14) 3811-7240 ou pelo email: museudocafe@fca.unesp.br

{n}Três monitores{/n}

O Museu passou a contar, novamente com três monitores. A diferença é que agora um dos monitores está trabalhando o dia todo, sendo que os outros dois, atuam meio período. “Dessa forma será possível oferecer melhor atendimento aos nossos visitantes, pois o Museu contará diariamente com dois monitores no período da manhã e dois no período da tarde”, diz Candeias.

Explica que dois monitores são contratados pela FEPAF e um deles é cedido pela Subsecretaria de Turismo da Prefeitura Municipal de Botucatu. Importante destacar que a equipe do museu é bastante enxuta, contando além dos três monitores com uma pessoa encarregada pela limpeza, contratada pela Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA).

“Com essa equipe o museu funciona praticamente de forma ininterrupta o que permite atender a todas as necessidades de receber visitantes. Além disso, os monitores são responsáveis por acompanhar escolas e visitas agendadas, quando os visitantes podem conhecer o interior dos prédios da tulha de passagem e do moinho. Outros espaços deverão ser abertos em breve”, adianta o coordenador.

Grupos interessados em visitas monitoradas podem entrar na página da Faculdade (www.fca.unesp.br) acessando o logotipo do Museu do Café, preencher o formulário de agendamento, e clicar em enviar. “É a oportunidade que a pessoa tem de reunir seu grupo e nos visitar”, concluiu.

Fotos: Valéria Cuter