Em poucos dias Botucatu terá um dos melhores cinemas do país; o Acontece Botucatu foi conhecer as novas salas

Fotos: André Godinho

Cinema Boulevard

No dia 23 de junho será inaugurado um dos mais completos cinemas de todo o país. Não se trata de expectativa, e sim da constatação do que está sendo feito para três salas da empresa Cinematográfica Araújo, que tem sede em Botucatu e possui salas de cinema por todo o Brasil.

As novas salas estão em fase final de acabamento no Boulevard Cidade. No total são três, duas com capacidade para 280 pessoas e uma terceira, menor, para 80 expectadores. Será mais uma opção para botucatuense, uma vez que apenas o Shopping Botucatu possui cinema na cidade.

O acesso ao cinema poderá ser feito pelo Mall do Boulevard Cidade ou por uma entrada exclusiva do Cine Araújo pela rua Dr. José Dal Farra. O Acontece Botucatu está acompanhando as obras e presenciou nos últimos meses o que será apresentado para a cidade.

Cinema Boulevard-5
Wagner mostra o tipo de poltrona que será instalada

“Trabalho há muitos anos em obras e instalação de cinemas. Do Cine Araújo acompanhei a construção de salas por muitos estados e posso falar sem medo que esse será um dos melhores cinemas do país. São três salas equipadas com o que existe de mais moderno e confortável em todo o mundo”, disse Wagner Laureano, responsável pelas obras.

As salas do Cine Araújo no Boulevard contarão com as seguintes comodidades: Som de teto, além das laterais, frontais e fundos; poltronas maiores e mais confortáveis; piso vinílico; paredes com madeira fórmica; tela com aproximadamente 149 m², do teto ao chão e de parede a parede.

Na sala menor, uma espécie de espaço vip, a tela será curvada e inclinada para cima do expectador. Trata-se de um formato totalmente inovador. Ao total serão 640 vagas no novo complexo cinematográfico de Botucatu.

Acesso para cadeirantes

Um ponto que merece destaque nas novas salas do Cine Araújo, é o acesso para cadeirantes. Um elevador, que já se encontra instalado, levará o cadeirante ao topo das salas, ou seja, nos melhores lugares.

“Em todos os cinemas os acessos são feitos pela frente das salas e o cadeirante fica na primeira fila. Aqui não, o cadeirante entra no elevador e já chega direto na sala pelo alto, ou seja, nas poltronas onde jamais poderiam chegar em uma sala convencional”, explicou Wagner Laureano.

Hall com tela para trailers

O espaço também é audacioso fora das salas, pois no hall de entrada, além dos equipamentos de alimentação tradicionais de um cinema, há um enorme monitor que estará entretendo o público com trailers e vídeos. Os equipamentos para bebidas e alimentação também já estão neste espaço.

Há vários pontos de filmes que estarão em cartaz, cada um dotado de uma tela com o trailer específico do longa a ser exibido. Dessa forma o cliente poderá ter uma prévia para decidir qual assistir.


Um homem que sonhou o melhor para Botucatu

Em 2014, o Cine Nelli, lendário cinema de Botucatu, encerrou suas atividades em Botucatu após 50 anos. Durante décadas foi o único cinema em funcionamento na cidade.

Porém, há dois anos, não fazia mais sentido manter um cinema isolado no centro da cidade, ainda mais com a chegada do Shopping. Gilberto de Araújo, dono da empresa Cinematográfica Araújo, que mantinha o Cine Nelli, sabia perfeitamente isso.

“Meu pai nasceu aqui em Botucatu, eu nasci aqui, meus filhos nasceram aqui. Se não fosse por isso eu teria fechado o cinema há 20 anos. Era uma sala que não dava lucro, mas era a sala da minha cidade, bem ou mal a única. Eu não tinha autorização para reformar o local, pois era um prédio histórico, não podia tirar os lustres coloridos nas laterais, não tinha autorização para modernizar o som e até para pintar tinha que ter cuidado. Eu tirava do bolso para manter o Nelli” disse ‘seo’ Gil, como é conhecido em Botucatu.

Cinema Boulevard-13
“Seo” Gil ao lado do antigo projetor de filmes que era fabricado em Botucatu

A empresa Cinematográfica Araújo possui salas de cinema espalhadas por todo o país, em praticamente todos os estados brasileiros. Mas as do Boulevard Cidade, que estão próximas da inauguração, são especiais justamente pelo que o Cine Nelli representou.

“Desde que fechou o Nelli e começou o projeto do Boulevard, eu sempre tive em mente que queria entregar o melhor para minha cidade. É como se fosse uma dívida com a cidade que eu amo. Por isso, esse novo cinema está equipado com o que há de mais moderno. Em nenhuma das minhas salas espalhadas pelo país eu tenho algo parecido com o que será inaugurado em Botucatu”, felicitou Gilberto Araújo em entrevista exclusiva ao Acontece Botucatu.

A Cinematográfica Araújo mantém escritório em Botucatu e daqui são comandadas as ações do novo empreendimento. Aliás, Gilberto de Araújo faz questão de comprar da cidade o material utilizado em suas salas.

“O serviço de madeiramento, por exemplo, estamos fazendo tudo em uma marcenaria daqui. Tudo que posso fazer aqui, eu faço. Eu acho que é uma obrigação que eu tenho de dar essas salas e gerar empregos em Botucatu. Meu pai começou aqui, eu estou aqui e meu filho também. Repito que eu devia isso para a minha cidade”, finalizou ‘seo’ Gil.