Educação de Botucatu entre as dez no Prêmio Mario Covas

Foi realizado na Sala São Paulo do  Centro Cultural Júlio Prestes, a solenidade de encerramento da décima edição do Prêmio Mario Covas. Na ocasião foram divulgados os premiados em cinco categorias: Inovação em Gestão Estadual;  Inovação em Gestão Municipal; Cidadania em Rede; Governo Aberto e Melhoria no Gasto Público.

A Prefeitura de Botucatu, através da Secretaria Municipal de Educação, foi qualificada entre 60 projetos do Estado de São Paulo na categoria Inovação em Gestão Municipal, com o projeto Observatório da Educação “Educatu”, e ficou entre os dez melhores projetos apresentados. Este ano, o Prêmio Mario Covas validou 266 projetos recebidos de municípios de todo o Estado de São Paulo, dentro os quais 60 foram escolhidos e 26 premiados.

No evento, Botucatu foi representada pela secretária municipal de Educação, Alessandra Lucchesi de Oliveira; secretária-adjunta Edileine Fernandes Henrique e pela equipe de TIC (Tecnologia da Informação e Comunicação) da Secretaria Municipal de Educação, Juliano Bacchi, Silvia Culiche, Rafael Romagnoli, Luiz Enéias Zanetti Cardoso, Marcos Dolara, Amanda Ben, Anderson dos Santos Neno e José Roberto Cruz.

Para a secretária municipal de Educação, Alessandra Lucchesi de Oliveira, a classificação entre os dez melhores projetos já foi um premio. “É a primeira vez que a Educação se envolve em projetos estaduais para concorrer a um prêmio. Desejo que essa experiência de finalistas contagie a todos os envolvidos em educação, pois a experiência foi encantadora e motivadora para todos nós. Parabéns à equipe do projeto. Foi uma honra vivenciar esse momento com todos”, afirma.

 

Prêmio Mario Covas

 

O Prêmio Mario Covas tem o objetivo de promover práticas inovadoras dos servidores que aprimoram a qualidade dos serviços públicos. Nesta décima edição, o prêmio reconheceu iniciativas que melhorassem o acesso da sociedade civil aos serviços disponibilizados pelo Poder Público.

O prêmio é uma iniciativa do Governo do Estado de São Paulo por meio da Secretaria de Gestão Pública (SGP) com a parceria da Fundação do Desenvolvimento Administrativo (Fundap) e da Fundação Prefeito Faria Lima – Centro de Estudos e Pesquisas de Administração Municipal (Cepam), da Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo (Prodesp) e apoio da Secretaria da Cultura e Fundação Mario Covas.

Botucatu já ganhou Prêmio Mário Covas em duas oportunidades: na categoria Inovação em Gestão Municipal através do programa Orçamento Participativo Jovem (OP Jovem) – em 2013; e na categoria Inovação em Gestão Estadual, pelo desenvolvimento do Programa Municipal de Acessibilidade Rural – em 2012.