Definida empresa para concluir creche no Santa Maria

Depois de romper contrato com a empresa Darga Pavimentação e Terraplenagem Ltda., que por problemas financeiros não demonstrou condições para concluir a construção da creche do Residencial Santa Maria, a Prefeitura de Botucatu abriu novo processo licitatório com a finalidade de executar o restante da obra. De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, cerca de 70% dos serviços foram concluídos, restando por fazer as instalações elétrica e hidráulica, além do acabamento e toda a área externa. 

A abertura dos envelopes com a documentação e as propostas das empresas interessadas em participar da concorrência pública aconteceu no último dia 12 de novembro, na sala de reuniões da Copel, na sede da Prefeitura. A única habilitada foi a Paicheco São Manuel Construções Ltda. ME, que tendo preenchido todos os requisitos legais foi declarada vencedora com a proposta de R$ 785.358,26 para execução dos serviços. O Ministério da Educação fará o repasse dos recursos ao município através do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Infantil (Proinfancia).

O contrato deverá ser assinado nos próximos dias para que a empresa dê início às obras o mais rápido possível. O prazo para conclusão é de 150 dias. A previsão é que a creche entre em funcionamento no início do segundo semestre de 2015. Entre os serviços a serem executados estão readequação de divisórias em granito, assentamento de cerâmica, fachadas internas, piso em granilite, instalações elétricas, pintura e acabamento hidráulico. 

A creche foi erguida em um terreno de 9.332,65 m2 localizado na Rua Carlos de Rosa, s/nº, nas proximidades do imóvel onde funciona a unidade de saúde do bairro. A área construída total será de 1.300 m2. O projeto inclui salas de aula, fraldário, biblioteca, sala de leitura, sala de informática, sanitários, pátio coberto, refeitório, secretaria, playground, entre outras dependências.O projeto prioriza a acessibilidade, cria e sinaliza rotas acessíveis e interliga os ambientes de uso pedagógico, administrativo, recreativo, esportivo e de alimentação.

A unidade terá capacidade para atender 150 crianças por período. O projeto arquitetônico é semelhante ao da creche do Jardim Monte Mor, que deverá ser inaugurada no próximo mês de dezembro. A previsão é que a equipe de trabalho da nova unidade seja composta por um coordenador pedagógico, um diretor escolar, oito professores, 10 atendentes de creche e seis auxiliares de serviços gerais. 

“A obra em questão apresentou divergências entre os serviços previstos originalmente em contrato e os necessários para a conclusão da creche. Isso motivou inúmeras reuniões entre a contratada e o corpo técnico da prefeitura para equalizar as pendências. Depois de, finalmente conseguirmos chegar a um entendimento, a empresa passou a enfrentar dificuldades. Não houve outra alternativa senão o rompimento do contrato. A verdade é que não abrimos mão de entregar um prédio com a qualidade necessária para atender nossas crianças com o conforto que elas merecem”, salienta a secretária municipal de Educação, Alessandra Lucchesi de Oliveira. 

“O Santa Maria vai ganhar uma das maiores e melhores creches da cidade. Essa nova unidade vai qualificar ainda mais o atendimento a nossa grande demanda, oferecendo conforto às crianças, condições adequadas para nossos educadores e tranquilidade aos pais, a quem peço desculpas por conta dos problemas que enfrentamos com a construtora que deveria ter concluído essa obra. Espero que a partir de agora possamos acelerar os trabalhos para que seja possível entregar a creche no menor tempo possível”, enfatiza o prefeito João Cury.