Consulado dos EUA promove programa em Botucatu

O Consulado Geral dos Estados Unidos em São Paulo e o Instituto Botucatu abrem na próxima, quinta-feira, 15 de abril, o Programa de Mentoria para Mulheres Empreendedoras, com palestras, consultorias e oficinas para ajudar 30  mulheres empreendedoras da região a desenvolverem técnicas de gestão, negócios, marketing e empreendedorismo durante quatro dias, na unidade do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae em Botucatu.

O programa, fechado ao público, conta com apoio do Sebrae SP e da Prefeitura de Botucatu. As participantes passaram por processo de seleção realizado no ano passado pelos organizadores.

A norte-americana Karen Sebastian, consultora sênior de estratégias para o desenvolvimento e inclusão social e econômica de mulheres (HOPEpreneurs) fará a palestra e a oficina inaugurais do dia 15 d abril,  com  tradução simultânea. Um grupo adicional de mais 30 mulheres empreendedoras mentoras da região também participará das atividades do primeiro dia do evento.

Nas datas seguintes, as palestrantes serão Helena Volkman, empresária da Volkman Alimentos; Bernardete Passos, diretora do Instituto Colibri e Fundadora e Coordenadora Geral do projeto sociocultural Paraty Eco Festival; e Veridiana Baggio, empresária da rede de lojas de artesanato Camponesa. A psicóloga e coach empresarial Fernanda Aoki ministrará oficinas de desenvolvimento de lideranças e equipes.

O Mulheres Empreendedoras é um programa de apoio ao desenvolvimento de capacidades técnicas e conceituais sobre negócios de mulheres e tem como principais objetivos conectar mulheres de visão empreendedora com parceiros do mundo empresarial brasileiro, lideranças e mentoras femininas, apoiando mulheres que enfrentem desafios sociais, culturais e econômicos.

O programa foi inspirado em um projeto do Consulado dos Estados Unidos em São Paulo realizado em 2013, em parceria com o Centro Universitário Senac e o Sebrae, que ofereceram treinamento a mulheres empreendedoras por cinco meses, incluindo a diretora do Instituto Botucatu, Silvia Sasaoka, que em 2012 já tinha participado do intercâmbio internacional de mulheres empreendedoras das Américas “WEAmericas” nos Estados Unidos, iniciativa lançada pelo Presidente Obama no mesmo ano.