Circuito Sesc de artes foi opção de lazer e cultura em Botucatu

O Centro Histórico de Botucatu foi palco no último domingo (3) de espetáculos e intervenções artísticas do Circuito Sesc de Artes. Realizado pelo Sesc São Paulo, o “Circuito Sesc de Artes – Conectando Lugares, Circulando Ideias” trouxe em sua programação diferentes linguagens artísticas de música, dança, teatro, circo, cinema, artes visuais e literatura.

Em Botucatu, o grupo Mania de Samba se apresentou com a cantora Ana Costa. Também passaram pelo Centro Histórico da Cidade o Coletivo Negro com o espetáculo teatral “Movimento número 1: O Silêncio de Depois…”, que abordou as consequências da diáspora África-Brasil; e o grupo carioca de dança Fabullosos, um dos mais conhecidos na Batalha do Passinho, concurso entre jovens das favelas e zona periférica do Rio de Janeiro, e que agitou o público presente ao som do DJ MAM.

Este ano a programação de cinema, artes visuais e literatura do Circuito chegou aos espaços públicos de forma pouco convencional. Inspirado nos traveling shows, antigos carros itinerantes que iam de cidade em cidade apresentando toda sorte de atrações artísticas, o Gabinete de Curiosidades e Habilidades ofereceu ao público uma variada programação nessas áreas.

O Circuito é uma parceria entre o Sesc (Serviço Social do Comércio), Secretaria Municipal da Cultura e o Sindicato do Comércio Varejista (Sincomércio). “Receber o Circuito em Botucatu é sempre uma alegria. Ele é um evento que conta com um grande diferencial que é reunir em apenas um local uma variedade de linguagens culturais”, destaca o secretário de Cultura, Osni Ribeiro.

(Ass. de Imprensa da Prefeitura)