Capela do Lageado é reaberta com missa

Missa no dia 20 de dezembro, às 18h, marca a reabertura

No dia 20 de dezembro, a partir das 18h, uma missa celebrada pelo padre Emerson Anizi, marcará a reabertura da Capela de Nossa Senhora Aparecida, situada na área histórica da Fazenda Lageado.

A pequena edificação encontrava-se fechada ao público e com sinais de deterioração. A reforma no prédio foi totalmente executada com recursos e mão de obra da Faculdade de Ciências Agronômicas da Unesp. “Foram os servidores do setor de Manutenção que abraçaram a ideia da reforma e trabalharam com afinco para a sua realização”, salientou o professor João Carlos Cury Saad, diretor da FCA.

A equipe da FCA recuperou telhado, forro, parte elétrica, lustre e fez a nova pintura da capela, entre outros reparos. “Vimos o estado em que estava e trabalhamos para arrumar tudo. É uma satisfação ver o resultado”, diz o servidor Adalberto Francisco dos Santos, um dos que trabalharam na reforma.

Segundo José Eduardo Candeias, coordenador do Núcleo de Conservação e Proteção da Área Histórica da Fazenda Lageado, o prédio foi construído, provavelmente no início da década de 1930. “Ele faz parte de um conjunto de construções feitas logo após a aquisição da Fazenda Lageado pelo Governo Federal. Foi construída originalmente para ser a garagem de um pequeno ônibus que atendia a comunidade da então Estação Experimental de Botucatu”.

Após ser adaptado para funcionar como capela, o prédio passou a ser uma referência importante para os moradores da Fazenda Lageado. “Com o gesto de reformar essa edificação, a Faculdade resgata a importância dessa estrutura e torna mais atrativa a área no entorno do lago, que já é muito visitada”. Candeias ressalta que a capela se encontra dentro da área tombada pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo (Condephaat), em 2001.

O professor Saad também destacou a importância da reabertura da Capela de Nossa Senhora Aparecida.  “Além de integrar o conjunto arquitetônico da área histórica da Fazenda Lageado e poder ser conhecida pelos visitantes, a capela voltará a ficar à disposição da comunidade de moradores da Fazenda, inclusive como um possível espaço para integração deles”, comenta.

Assessoria de Imprensa da FCA