Campanha faz doação de 94 livros de Francisco Marins

Fotos: David Devidé

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) juntamente com as assistentes sociais e funcionários dos fóruns da capital e interior promoveram a campanha para arrecadação de livros infantis para as instituições carentes e bibliotecas de bairros comunitários. Em Botucatu a funcionária Ana Zilda Lacerda foi a responsável pela arrecadação dos livros.

A campanha que é desenvolvida no mês de maio quando se comemora o Dia Nacional do Livro Infantil, entra em sua sétima edição e vem sendo feita em razão de estudos indicativos revelarem que a leitura na infância contribui para o desenvolvimento social e emocional, oferecendo educação, cultura e lazer. Em São Paulo o homenageado foi Monteiro Lobato, mas em Botucatu os livros coletados foram do escritor Francisco Marins. No total a arrecadação chegou a 94 unidades.

Os livros de Marins foram entregues ao Projeto Jovem Cidadão, que tem sede no Jardim Riviera, da Organização Não Governamental (ONG) “Ação” cidadania contra a fome, miséria e pela vida. Atende 80 crianças e adolescentes e familiares com o intuito de garantir o desenvolvimento da socialização, a preservação dos riscos da ociosidade, assistência, bem estar social, desenvolvimento intelectual e capacitação para enfrentar a realidade vivenciada em seu cotidiano.