Botucatu recebe encontro de Polos do Projeto Guri

O Projeto Guri, programa de educação musical, mantido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, promove durante este mês uma série de Encontros de Polos da regional de Sorocaba. Gratuitos e abertos ao público, os eventos têm como objetivo a troca de experiências entre alunos de municípios próximos, além de configurarem um importante intercâmbio musical e pedagógico.

Nesta quarta-feira (5), os alunos de seis polos de ensino da região de Sorocaba se reúnem para uma apresentação em Botucatu, no Teatro Municipal Camillo Fernandez Dinucci, às 14h30. O encontro conta com participação das turmas de cordas, sopros, teclado, canto coral e percussão dos polos de Itatinga, São Manuel, Avaré e Botucatu, além de cinco polos da Fundação CASA.

Na quinta-feira (6), guris das turmas de cordas, canto coral e percussão tocam às 15 horas, no Clube Recreativo Bernardes Jr., em São Miguel Arcanjo. Além da cidade sede, o concerto conta com participação dos alunos das cidades de Itapetininga, Guareí e Pilar do Sul. No repertório estão músicas como “Pra Não Dizer Que Não Falei das Flores”, de Geraldo Vandré, e “Yesterday”, de John Lennon.

 

Sobre o projeto

Mantido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, o Projeto Guri é considerado o maior programa sociocultural brasileiro e oferece, nos períodos de contraturno escolar, cursos de iniciação musical, canto coral, instrumentos de cordas dedilhadas, cordas friccionadas, sopro, teclado e percussão, para crianças e adolescentes entre 6 e 18 anos. Mais de 49 mil alunos são atendidos em mais de 400 polos de ensino, distribuídos por todo o estado de São Paulo.

Os 370 polos localizados no interior e litoral, incluindo os polos da Fundação Casa, são administrados pela Amigos do Guri, enquanto o controle dos polos da capital paulista fica por conta de outra organização social. A gestão compartilhada do Projeto Guri atende a uma resolução da Secretaria que regulamenta parcerias entre o governo e pessoas jurídicas de direito privado para ações na área cultural. Desde seu início, em 1995, o Projeto já atendeu mais de 540 mil jovens na Grande São Paulo, interior e litoral.

O Projeto Guri atua em Botucatu desde abril de 2010 e está instalado atualmente na Casa dos Conselhos. São oferecidos, no período de contra turno escolar, cursos de iniciação musical, coral, violino, viola clássica, violoncelo, contra baixo e teclado, sendo os instrumentos concedidos pelo próprio projeto. Ele conta atualmente com 136 alunos.

 

Amigos do Guri

A Amigos do Guri é uma organização social de cultura que, desde 1995, administra o Projeto Guri. De 2004 até hoje, é responsável pela gestão do programa no litoral e no interior do estado de São Paulo, incluindo os polos da Fundação Casa. Além do Governo de São Paulo – idealizador do projeto – a Amigos do Guri conta com o apoio de prefeituras, organizações sociais, empresas e pessoas físicas.

Instituições interessadas em investir na Amigos do Guri, contribuindo para o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes, têm incentivo fiscal da Lei Rouanet e do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente (FUMCAD). Pessoas físicas também podem ajudar. As informações completas estão no site www.projetoguri.org.br.