Botucatu recebe circuito Sesc de Artes, neste domingo (3)

Botucatu será palco de espetáculos e intervenções artísticas do Circuito Sesc de Artes neste domingo (3 de abril), das 16 às 21 horas. A estrutura com atividades gratuitas será montada em frente ao prédio da Prefeitura de Botucatu, no Centro Histórico da Cidade.

Realizado pelo Sesc São Paulo, o “Circuito Sesc de Artes – Conectando Lugares, Circulando Ideias”, chega ainda maior para a sua edição 2016 e traz em sua programação diferentes linguagens artísticas de música, dança, teatro, circo, cinema, artes visuais e literatura.

Este ano, o evento percorre 114 cidades do interior, litoral e Grande São Paulo, incluindo a capital, que recebe o evento pelo segundo ano consecutivo. Com o objetivo de ampliar o alcance a cada edição, este ano serão seis cidades a mais que em 2015.

Destaques em Botucatu

Neste domingo, o grupo Mania de Samba se apresenta com a cantora Ana Costa em Botucatu. Também irão passar pelo Centro Histórico da Cidade o Coletivo Negro com o espetáculo teatral “Movimento número 1: O Silêncio de Depois…”, que aborda as consequências da diáspora África-Brasil; e o grupo carioca de dança Fabullosos, um dos mais conhecidos na Batalha do Passinho, concurso entre jovens das favelas e zona periférica do Rio de Janeiro, e que promete agitar ao som do DJ MAM.

Gabinete de Curiosidades e Habilidades

Este ano a programação de cinema, artes visuais e literatura chegará aos espaços públicos de forma pouco convencional. Inspirado nos traveling shows, antigos carros itinerantes que iam de cidade em cidade apresentando toda sorte de atrações artísticas, o Gabinete de Curiosidades e Habilidades vai oferecer ao público uma variada programação nessas áreas. A cenografia é de William Zarella.

Confira a programação do Circuito Sesc de Artes 2016

Dia: 3 de abril (domingo)

Horário:  Das 16 às 21 horas 

Local: Praça Pedro Torres, nº100 – Centro (Em frente ao prédio da Prefeitura)

Atrações

Gabinete de Curiosidades e Habilidades

Artes Visuais

Traquitanas Mecânicas – Leonardo Gallep e Alexandre Motta (SP)

A ideia desta oficina e conhecer e experimentar os princípios da arte cinética, que explora efeitos visuais causados por ilusões de ótica ou movimentos físicos, sejam mecânicos ou elétricos.

Cinema

Cine Magia – Exibição de curtas-metragens dirigidos pelo cineasta francês Georges Melies.

Literatura

Palavra + Imagem – A Cor da Letra (SP)

Acervo de livros ilustrados será oferecido por duplas de mediadores de leituras individuais e compartilhadas. Com Aline Oliveira e Janaina Martins.

Literatura

Encontros Cafuzos – Coletivo Cafuzas (SP)

O coletivo promove intervenções narrativas e rodas de compartilhamento de experiências, com o intuito de contribuir para o conhecimento e a valorização dos mitos, saberes, praticas, entre outros elementos das culturas africanas e afro-brasileiras. Técnicas tradicionais, habilidades manuais, brincadeiras, narrativas e relatos de experiência fazem parte dos encontros. Com Daniela Landin, Roberta Stein e Rosana Borges.

Dança

DJ MAM e os Fabullosos (RJ)

Formado em outubro de 2012 na Baixada Fluminense, o quarteto composto por CL Fabulloso, DG Fabulloso, Leony Fabulloso e GN Fabulloso e um dos mais conhecidos grupos na Batalha do Passinho, concurso de danca entre jovens das favelas e zona periférica do Rio de Janeiro. Nesta apresentação DJ MAM embala os movimentos de embolada e cruzada com funk carioca, carimbo., tecnobrega, baia.o, maracatu, xote, samba de roda, entre outros. Duração: 60 min. Com DJ MAM. Dançarinos: CL Fabulloso, DG Fabulloso, Leony Fabulloso e GN Fabulloso.

Teatro

Movimento número 1: O Silencio de Depois… – Coletivo Negro (SP)

Quatro personagens refletem sobre suas memorias apos uma violenta desocupação do espaço onde moravam para a construção de uma linha férrea. Historias que povoam o imaginário do negro brasileiro e da sociedade vem a tona e pretendem levantar questões acerca das consequências da diáspora África-Brasil. Para criar o espetáculo, o Coletivo Negro tomou como base fotografias de família, cartas, poemas, receitas de vó, simpatias, estudos sobre o teatro experimental do negro, viagens a comunidades quilombolas e leituras de autores africanos, como Luis Bernardo Honwana e Mia Couto. Duração: 60 min.

Direção, concepção e atuação: Coletivo Negro: Aysha Nascimento, Flavio Rodrigues, Je Oliveira, Jefferson Matias, Raphael Garcia e Thais Dias.

Música

Mania de Samba (SP) e Ana Costa (RJ)

O grupo Mania de Samba e voltado para a música popular brasileira, mais precisamente o samba. A cada show, os maiores compositores do gênero são reverenciados, como Martinho da Vila, Nei Lopes, Moacyr Luz e Paulo Cesar Pinheiro. Neste show, eles se apresentam ao lado da cantora carioca Ana Costa, apadrinhada por Martinho da Vila. Duração: 90 min.

Com Ana Costa (voz), Gilson Carvalho (surdo), Cleber Rangel (bandolim), Fabiano Marchesini (violão), Carlos Henrique (pandeiro), Artur Goncalves (bateria), Junior Barros (cavaco) e Simon Jonathan Pinheiro (rebolo).

(Com informações: Assessoria de Imprensa Circuito Sesc de Artes 2016)