Botucanto realiza primeira eliminatória da fase nacional

Depois da fase instrumental (quarta-feira) e do Cantos da Cuesta (quinta-feira) onde se apresentaram os artistas da cidade, o Festival de Música Popular Botucanto, no Teatro Municipal Camilo Fernandez Dinucci, entrou na noite desta sexta-feira em sua fase nacional. Os competidores se encontraram no Espaço Cultural “Antônio Gabriel Marão”, onde compositores de várias regiões do Brasil estão concorrendo.

Nesse primeiro dia da fase nacional foram apresentadas 10 composições, incluindo as quatro classificadas do Cantos da Cuesta. Hoje (sábado) outras 10 músicas serão apresentadas e as 10 melhores músicas (na opinião dos jurados) das três fases disputarão a finalíssima que acontece nesse domingo, sempre com entrada franca para o público.

O show particular da noite ficou por conta da irreverência de um dos representantes de Botucatu: Fernando Vasquez. Para defender a canção “Cristal Líquido”, de Marcos Mendes Maciel, ele, literalmente, se pendurou nas estruturas metálicas do palco. Pode até não sair vencedor do Botucanto mas, seguramente, Vasques foi o personagem que mais se destacou pela irreverência.

Depois da apresentação dos músicos que competem no festival, subiu no palco Di Melo, artista que integrou o movimento da black music brasileira dos anos 70 com Tim Maia, Cassiano e Hyldon. Considerado um dos artistas que mais próximo chegou a uma linguagem soul nacional. Encerrou a noite o show com Nereu Mocotó e Swing – ex-integrante do Trio Mocotó e considerado um dos inventores do samba rock.

{n}Programação

Sábado – 06/11 – 20 horas – 2ª eliminatória nacional{/n}
– apresentação de 10 canções concorrentes
– show com André Caccia Bava – depois de acompanhar artistas tão diversos como Sandy & Junior, Elza Soares e Lobão, o guitarrista mostra as canções de “Vento Bom”, seu primeiro trabalho solo.
– show com Renato Teixeira – o cantor e compositor paulista mostra seus maiores sucessos.

{n}Domingo – 07/11 – 20 horas – Finalíssima{/n}
– apresentação das 10 canções finalistas e premiação
– show com Dimi Zunquê – tem um trabalho caracterizado pela diversidade de ritmos, energia e versatilidade.
– show com Arnaldo Antunes e Edgar Scandurra – dois dos maiores nomes do rock nacional mostram suas parcerias ao longo de mais de dez anos de trabalho.

Fotos: Valéria Cuter