Botucanto define as quatro finalistas da fase Cantos da Cuesta

Em dois dias (sexta-feira e sábado) o Festival Botucanto definiu as quatro músicas classificadas na fase Cantos da Cuesta, para artistas de Botucatu e de cidades situadas a um raio 100 quilômetros do Município. O encontro dos cantores/compositores foi no Teatro Municipal “Camilo Fernandez Dinucci”, que recebeu um bom, público nas duas noites. Além de Botucatu participaram representantes de Paranapanema, Barra Bonita, Avaré, Bauru, São Manuel e Lençóis Paulista.

Dentre as vinte e quatro canções que foram apresentadas nas duas noites do ‘Cantos da Cuesta’, os jurados escolheram quatro para representar a região na fase nacional do Festival Botucanto, que acontece no Espaço Cultural “Dr.Antonio Gabriel Marão”, de 6 a 8 de outubro. São duas de Botucatu, uma da Barra Bonita e uma de Avaré.

Foram escolhidas: “Todos os olhos de Tom Zé “, com letra, música e interpretação de Wander Bêh, de Barra Bonita; “A vida a decantar”, com letra, música e interpretação de Fernando Vasques, de Botucatu, “Desejo”, com letra, música e interpretação de Ale Di Pascucci & Dael Vasques, de Botucatu; e “Juvenal cometa”, com letra e música de Cláudio Guerra, com interpretação de Vanessa Reis, de Avaré.

Além dos cantores e compositores que buscavam a classificação para a fase nacional, a organização promoveu após a apresentação das canções concorrentes dois grandes shows. Subiu ao palco, na sexta-feira, o compositor paranaense Silvio Mansani, que apresentou composições do seu novo trabalho, intitulado “Outras Pessoas”, um dos vencedores do Prêmio Botucanto 2011.

No sábado o Cantos da Cuesta foi encerrado por um show que reuniu dois grandes talentos da música brasileira, o multi-instrumentista Swami Jr. e o cantor Marcelo Pretto. Swami Jr. já gravou e se apresentou com grandes nomes da música brasileira e internacional como Chico César, Maria Bethânia, Zélia Duncan, Vanessa da Mata, Rita Lee, Zeca Baleiro e Tom Zé, e a cantora cubana Omara Portuondo. Marcelo Pretto participa do grupo Barbatuques e recebeu o prêmio de melhor intérprete no Festival da Cultura, em 2005.

Fotos: David Devidé