Banda Assopro vence o Festival Cantos da Cuesta

Fotos: Valéria Cuter

 

Neto Breda (vocal/guitarra); João Raphael (guitarra); Ed Campos (baixo), e Fábio Japa (bateria) são os músicos que formam o Grupo Assopro, vencedor do Festival Cantos da Cuesta,  defendendo a canção “Copos Sujos”. Assopro é uma banda de rock instrumental formada em 2009 na cidade de Botucatu.

“Foi muito gratificante essa classificação num festival tão importante como o Botucanto que atrai artistas de diferentes regiões e diversificados gêneros musicais do País. Mostrar o trabalho nesse universo cultural é muito importante para qualquer artista. Estamos felizes e gratificados com o resultado e isso nos dá uma motivação para continuar em frente”, disse Neto Breda.

O Cantos da Cuesta abre possibilidades aos compositores e músicos da região, de mostrar seus trabalhos e conhecerem colegas que militam na música. Abrande as cidades do Polo Cuesta (Avaré, Anhembi, Areiópolis, Bofete, Botucatu, Conchas, Itatinga, Paranapanema, Pardinho, Pratânia e São Manuel), ou cidades num raio de 100 km de Botucatu e selecionou quatro músicas para o Festival Nacional da Canção.

 

Copos sujos

 

Na TV aparece um tubarão

E eu tiro meus pés do chão

Como se fosse o mar

O barco é o meu sofá

 

Cansei de ver nossos horóscopos

Pensei nos copos

Sujos pra lavar

Vale e pena pensar?

No que pode se levar

Daqui senão o amor no coração

 

Eu me levanto

E ponho os pés no chão

Venço minha aflição

Desligo a televisão

E vou em direção…

 

No entanto na pia

Não havia apenas copos, não

Tinham também sujas panelas

 

Suas pernas, as minhas neles

A se abraçar

É no que eu quero pensar

E não cair nesse mar…

 

Não se pode negar

O fato de desvanecer

Ou o medo de não ser

O que sempre se quis ser

E em sonhos se afogar

 

Não sei por onde começar

E nem como terminar

Mas tenho que continuar…