Artistas da Jovem Guarda agitam a Praça do Bosque

O frio que fez na noite deste sábado (28) não espantou centenas de fãs que lotaram a parte inferior da Praça Comendador Emílio Peduti – Bosque, para acompanhar de perto a performance de quatro grandes nomes da Música Popular Brasileira (MPB) que fizeram parte de um movimento cultural que ficou conhecido como Jovem Guarda, nos anos 60, liderado pelo cantor Roberto Carlos.

Em um palco montado na praça estiveram se apresentando a dupla Márcio e Ronaldo que forma Os Vips, Martinha, Vanderlei Cardoso e os Incríveis. Por, aproximadamente, quatro horas, o público formado em sua maioria por pessoas que viveram aquele época, assistiu e cantou grandes sucesso do passado. O evento foi realizado em comemoração ao aniversário dos 49 anos de atividades da Rádio Municipalista comandado pelo diretor e apresentador, Vanderlei dos Santos.

A abertura do show coube aos “Vips”, que além do talento deram um show ? parte interagindo com o público que reviveu antigos sucesso como Festa de Arromba, Coisinha Estúpida, Faça alguma coisa pelo nosso amor, Rua Augusta, La bamba, Amar você, Quero que vá tudo por inferno, entre muitas outras.

Na sequencia subiu ao palco a cantora Martinha que nas apresentações da Jovem Guarda era chamada pelo “Rei Roberto” de “Queijinho de Minas”. Ela não deixou de cantar seus maiores sucesso como Eu daria minha vida, Eu te amo mesmo assim, Ritmo da chuva, Nossa canção, Sou rebelde e Como dois e dois, esta uma obra prima musical de Caetano Veloso.

Um dos momentos marcantes do aniversário foi quando Vanderlei Cardoso subiu ao palco para interpretar músicas, que fizeram dele um dos maiores ídolos da Jovem Guarda. Com seu timbre de voz inconfundível que se mantém intacto até hoje ele interpretou, entre outras, Bom Rapaz, Preste Atenção, Abraça-me forte, Doce de coco, Fale Baixinho e Meu amor brigou comigo.

Fechando a noite com chave de ouro subiu ao palco o conjunto “Os Incríveis”, trazendo sucessos como Era um garoto que como eu amava os Beatles e os Rolling Stones, Adeus amigo vagabundo, O meu primeiro amor, Capeta em forma de guri, O milionário e Marcas do que se foi.

{n}Fotos: David Devidé

{bimg:23151:alt=interna1:bimg}