Alunos da Unifac destacam-se em congresso científico

Oito alunos das Faculdades Integradas de Botucatu – Unifac,  mostraram em 29 de novembro, que estão preparados para concorrer entre os melhores pesquisadores do País. Ao participarem do 14º Congresso Nacional de Iniciação Científica (CONIC) conseguiram posições de destaque. O Evento é promovido anualmente pelo Sindicato das Entidades Mantenedoras do Ensino Superior de São Paulo (Semesp).

Elder Cândido de Mattos, Ana Paula Costa Gimenez e Lygia Gonçalves Adão, do Curso de Pedagogia, sob a orientação da  professora Vânia Teresa de Araújo Silva, se destacaram apresentando o trabalho “O Estudo da Representação Social Ambiental com Enfoque na Formação Pedagógica”, trabalho este  1º colocado na área de Ciências Humanas e Sociais.

Do curso de Serviço Social apresentaram trabalho: Bárbara Maria Alves Mariano, Laís Lopes de Moraes Pinto e Gleice Tatiane Barbosa; do curso de Educação Física: Taiane Cristina Martinei e Andreza Carolina Tagliaferro.

 

O Evento

O Conic realizado pelo Semesp este ano foi realizado nos dias 28 e 29 de novembro, em parceira com a Universidade Cidade de São Paulo (Uninid) e novamente teve recorde de participação.

Foram 1.994 trabalhos inscritos contra 1.887 trabalhos em 2013 e 1.845 trabalhos em 2012. Desses, 1.718 foram aprovados para apresentação no Congresso. Os números registram um crescimento de mais de 100% na comparação com a quinta edição do Conic, realizada em 2005, quando 994 trabalhos foram inscritos e aumento de 6,2% na comparação com a edição do ano passado.

Cecília Anderlini, mantenedora da Unifac, que acompanhou a apresentação dos alunos durante o Conic, lembra que a instituição sempre buscou a excelência em seus cursos e oferecer oportunidades para os alunos.  “Embora não tenhamos o compromisso com a pesquisa, por não sermos uma universidade, incentivamos a iniciação científica, pois assim o aluno fica preparado para realizar pesquisas com segurança, renovando seu conhecimento”, destaca.

Anderlini enfatizou ter ficado bastante orgulhosa com o desempenho de seus alunos, já que foram muito bem avaliados. “Eles fazem parte de um grupo de eleitos, por mérito deles. Nós só oferecemos a estrutura necessária para que eles pudessem se preparar. A Unifac faz a diferença”, acrescenta.