“Socorro! Meu marido virou a mão” superlota o Municipal

Fotos: Valéria Cuter

“É gratificante para qualquer artista se apresentar para um teatro lotado como este. Mais uma vez a cidade de Botucatu nos recebeu de braços abertos e com muito carinho. Só tenho a agradecer”, foi o comentário do escritor, ator e diretor Vitor Branco sobre a apresentação da peça “Socorro! Meu marido virou a mão”, apresentada na noite deste sábado (6) no Teatro Municipal Camilo Fernandes Dinucci, em Botucatu.

“A procura por ingressos foi tanta que muitas pessoas não conseguiram entrar. Infelizmente tivemos que fechar a porta com pessoas ainda do lado de fora procurando por ingressos. Isso não costuma acontecer com muita freqüência, mas é fruto do carisma do ator Vitor Branco, que sempre traz para Botucatu grandes espetáculos”, comentou Moacir Vilela (Tico), diretor do Teatro Municipal.

Ao lado de Vitor Branco também atuaram Wanderley Grillo, Bruna Andrade, Fernando Negah (participação especial) e Hemerson Miguel (stand by). Texto engraçado e divertido que não cai no vulgar de Vitor Branco foi inspirado no filme “Ghost, o outro lado da vida” e a montagem também relembra trilhas de grandes sucessos do cinema.

{n}Sinopse{/n}

Leleco: um cabeleireiro bem sucedido e famoso da alta sociedade de Manaus. Um sujeito assumido, competente, sistemático e possessivo. Gustavo: abandonado pela família com 18 anos veio a ser criado por Leleco. Seu sonho era estudar em São Paulo, mas acabou se apaixonando e mudando os planos. Suzana: uma garota apaixonada, ciumenta, implicante e misteriosa.

O que pode acontecer quando Leleco descobre que seu protegido (e amado) casou em São Paulo? Pior, depois de sua morte inesperada tenta resolver o problema voltando como espírito para atrapalhar a vida de Gustavo. Está armada a confusão.