SARTA MOITA – CONFRATERNIZAÇÃO

Naquela ensolarada manhã de domingo no campo do Rodoviário lá no Lavapés com excelente platéia foi realizado o jogo de confraternização (casados x solteiros) entre os atletas, diretores e torcedores do tradicional SARTA MOITA de nossa cidade e naquela ocasião a equipe que envergava a jaqueta vermelha esteve assim constituída:
De pé: ZEZÉ; VICO; ALFREDO; JOAQUINZINHO; CELSO; LAUDELINO (o BAGUNÇA); RENE ALVES, ROBERTO e o BÓ.
Abaixados: ZÉ; JOÃO EMILIO; BOLINHA; TOMÉ; ADEMAR; ?? E SAUDOSO WALTER CONTESSOTE.
Tempo bão não vortá mais…

{n}RECORDAÇÃO{/n}

{bimg: 34616:alt=interna:bimg}

Quem é que quando moleque não teve a oportunidade de participar dessas peladas em que os atletas eram identificados pelos uniformes tradicionais dos “com e sem camisas”.
No sempre eterno “par ou impar” os capitães das equipes decidiam quem tirava a camisa e o pega era iniciado, sendo que, por muitos anos joguei ali no Campinho do Salgueiro localizado ali nas margens do Ribeirão Lavapés quase embaixo da Ponte do Javaris no inicio da nossa querida Boa Vista.
Tempo bão que também não vortá mais.,.

{n}PERGUNTA DA SEMANA{/n}

P- Por que o bombeiro não gosta de andar???
R – Porque ele SO CORRE…

{n}FRASE DA SEMANA{/n}

“NÃO APONTE AS FALHAS ALHEIAS COM O DEDO SUJO”.