BOLA AO CESTO 1943

Envergando seu vistoso uniforme, típico daquela época, podemos observar na foto acima a seleção botucatuense de Bola ao Cesto formada por jovens professores e alunos de nossas escolas que há 71 (setenta e um) anos já passados posavam assim alinhados:

Em pé: ALCINO PELEGRINI – NILTON – PERES – ZÉ BOCA – ELIAS FERRARI – LALO e o RUBENS CAMPI.

No meio: NEVES PINHÃO e TALLES.

Abaixados: EDON – MILTON MARIANO – PIOZZI – PETRECHEN e o CASSETARI.

Grandes mestres e esportistas…

 

NOSSO ESPORTE – NOSSA GENTE:

Em MANDINGA, pequeno distrito de SORTE GRANDE jogamos com FELISBERTO, craque de bola mas um pé frio tremendo.

Exímio atacante arrebentava com o jogo no torneio todo, porém na partida final fracassava por completo, chegando inclusive a perder até pênalti o que levou o seu querido FERRADURA E.C. a perder l2 torneios seguidos se tornando apenas vice-campeão, que muitos entendem ser simplesmente o primeiro dos últimos.

E foi assim que na 13a final, disputada naquele feriado de 13 de agosto, uma sexta feira, o técnico GATO PRETO resolveu deixá-lo no banco.

Não gostou muito mas foi lá do banco que viu seu time conquistar o ouro e ele ser aclamado pela torcida como  o melhor jogador que ESTAVA em campo

Coisas do futebol e da sorte!!!

 

EPÍLOGO:

 “QUEM NÃO TEM GATO CASA COM CÃO”

(Expressão usada por mulher casada com homem feio e bravo)