B. A. E. C. – 1975

Em 1975, logo que deixou oficialmente como atleta os campos de futebol de nossa cidade, o matador PANCHO, foi convidado pela diretoria e assumiu a direção técnica do B A E C, clube de seu coração.
Formou então, com aquela garotada residente no próprio bairro esse verdadeiro esquadrão que posa na foto anexa há 38 (trinta e oito) anos já passados assim alinhado:

De Pé: RICARDO (técnico) – DI PIERI – SERGIO ALEMÃO – ZELÉ – DITINHO GG – VALDIR – MOACIR – JACARÉ – QUATI e o JAU (diretor).
Abaixados: PERNINHA – PATITA – LUIZINHO – JARILHO – DAKO – ADEMIR – NIVALDINHO e o LOURENÇO.

Alguns desses amigos já nos deixaram e descansam em Paz

{n}GENTE QUE É GENTE{/n}

{bimg: 42636:alt=interna:bimg}

Quando jovem, colega dos bancos escolares e companheiro de bola nos campinhos de várzea onde era meio campista.
Quando adulto um moço integro, responsável pai de família, competente profissional como Educador e ainda grande amante da música raiz da qual é inimitável apresentador.

Essas rápidas pinceladas nos permitem afirmar que nosso prezado amigo PROF. JOSE MARIA LEONEL é gente QUE É GENTE…

EPÍLOGO:

“VOCÊ SABIA POR QUE AQUELE AMIGO NOSSO DEPOIS DOS “QUARENTINHA” FOI APELIDADO DE “MAVERICK”?
ACONTECE QUE JÁ FOI BONITO, ESTEVE NA MODA, JÁ FOI POTENTE, MAS AGORA SÓ BEBE!!”.