UM ALEGRE ENCONTRO DE ESPECIALISTAS NA ARTE DE DANÇAR

O Ginásio de Esportes II, da Associação Atlética Ferroviária, foi palco de um verdadeiro encontro de talentosos artistas da dança, na noite do último sábado (07/07).

Nem mesmo a baixíssima temperatura que castigou todo o nosso Estado naquela noite, conseguiu afastar os amantes da dança de salão (que, a cada dia que passa, vem ganhando proporções invejáveis) de mais uma seresta realizada pelo “Tricolor da Baixada”.

Perto de 150 casais, por várias horas, deliciaram-se ao curtir os mais diversificados ritmos musicais, executados pelo ótimo conjunto contratado, da capital paulistana, a banda “MISTURA PAULISTA”; num ambiente bem ornamentado, muitos casais preencheram com maestria cada espaço do disputado salão.

Como de costume, num determinado momento do baile, os diretores do clube, tendo ? frente o seu Presidente João Francisco Chávari, contemplaram alguns dos “dançarinos” com um “mimo” ofertado pelo comércio local.

Claro que o máximo mandatário tricolor aproveitou a ocasião para levar, aos presentes, principalmente aos seus associados, informações do cotidiano do clube e detalhes de sua administração, ocasião em que se colocou ? disposição de todos para eventuais esclarecimentos; por fim fez o convite a todos para participarem de mais uma seresta em homenagem ao Dia dos Pais, no próximo dia 11 de agosto. Evento que será, sem dúvida alguma, inesquecível, visto que muitas surpresas e reconhecimentos a cidadãos ilustres já estão sendo programados.

Outro ponto de destaque ficou por conta da participação de muitos jovens alunos de diversas escolas de dança do município. Durante todo o transcorrer da festa notou-se a presença de diversos “dançarinos” da escola da Professora Mônica Morelli, fato que embelezou, ainda mais, a seresta.

Enfim, mais uma vez o Departamento Social da Ferroviária ofereceu aos seus sócios, uma noite encantadora, repleta de satisfação e alegria; aliás, fato que vem sendo uma constante também na nossa gloriosa “Veterana”, a AAB, da Avenida Dom Lúcio e no romântico clube da populosa Vila dos Lavradores, “Dragões da Vila”.

“Nóis”, que adoramos curtir um bom baile, estamos felizes e realizados, afinal, tanto na Ferroviária, como na “Associação” ou no “Dragões”, ao longo do mês, deparamo-nos com várias opções para extravasar e “arrastar o pé”, com muita música e descontração.

Parabéns, queridos amigos dirigentes dessas agremiações que prezam muito pelo lazer de qualidade aos que praticam essa modalidade de dança, por oferecerem encontros como esse vivido no sábado passado.

Nada melhor do que aproveitar um “conto” como este para abraçar carinhosamente algumas pessoas especiais que me acompanham há muitos anos e que, além de parceiros e leitores dos meus textos semanais, são admiradores da vontade que tenho de viver num mundo melhor e mais justo: meus amigos Nilceu Giacóia, Doutor Sérgio Canuto, Marcos Dalaqua, Rodrigo José Magorpo, o casal Vera e Donizeti Manzini e os saomanoelenses, Zoiro Brolo e Eduardo Fantazia.

Com o mesmo carinho abraço duas colegas de serviço nas Casas de Apoio e na ASU, também assíduas leitoras dos meus “causos” aqui nesta coluna, minhas amigas Vera Lúcia Chiquinato e Suelen Paganini.
{n} Rubens de Almeida – Alemão
alemao.famesp@gmail.com