RUA AMANDO: SÓ NÃO VÊ QUEM NÃO QUER!

 

alemaoPrezado leitor, prazerosamente passeei na “nova” Rua Amando de Barros, na manhã do último sábado, no trecho que compreende o “Bosque” e o “Largo do Paratodos” e me deparei, entre outras coisas, com uma “baita” festa organizada pela Secretaria de Obras, em parceria com outras secretarias do município (Comunicação, Indústria, Comércio e Serviços) e com apoio, sempre forte, de inúmeras entidades ligadas ao comércio (ACE/CDL, Sincomércio, Sincomerciários e Associação das Empresas da Rua Amando), para entregar aos botucatuenses o maravilhoso, necessário e tão esperado empreendimento que deu nova cara para a tão tradicional rua do comércio.

Você pode querer me indagar: por que uma pessoa que nasceu aqui neste cantinho especial para se viver bem, quis visitar a “Amando”? Por que um colunista de um jornal diário que teria a obrigação de conhecer os quatro cantos da cidade, quis “passear” por esse corredor comercial badalado, logo num final de semana? Muito simples, desde que foi anunciada pelo Poder Público a revitalização desta que é a “menina dos olhos” de todos nós, botucatuenses, jamais tinha passado por lá, daí…

Pois bem, lá estive e com muita alegria vi coisas lindas em todo o percurso revitalizado (calçadas largas, com pisos especiais, rampas de acessibilidade em todas as esquinas, estacionamentos bem sinalizados, luminárias modernas, floreiras, lixeiras); assisti apresentações musicais de algumas das muitas preciosidades existentes aqui na terrinha (Orquestra de violeiros, Orquestra Infanto-Juvenil e Grupo de Cordas Dedilhadas da AFRAPE; Coral do Núcleo Assistencial “Joana de Angelis”; o show da Corporação “Doutor Damião Pinheiro Machado”) e, por fim, atentei para tudo o que foi dito pelos oradores durante a sessão de discursos ocorrida num palanque montado nas imediações da Praça do Bosque, inclusive pelo nosso alcaide João Cury Neto. Aliás, na minha modesta opinião, esse moço tem muita razão ao dizer na sua fala uma frase muitíssimo verdadeira: “… SÓ NÃO VÊ QUEM NÃO QUER…”, referindo-se aos políticos de oposição que fingem não sentir o progresso que Botucatu teve nos últimos anos. Êta “nóis”!

Nossa cidade evoluiu muito nos últimos anos e a Rua Amando de Barros, depois de muitas décadas, envolta a promessas das mais variadas, também ganhou “cara nova”. Que maravilha! Soube também naquela mesma manhã, que a segunda etapa (que seguirá até as imediações do Supermercado Central) terá início ainda este mês. Excelente! Pelo que vi de realizações neste primeiro trecho, não tenho dúvidas de que a beleza se estenderá por todo o percurso.

Quero aproveitar a oportunidade para parabenizar todos os cidadãos empenhados neste desafio, em especial, as lideranças do comércio local (Sérgio Ortiz, Fátima Baldini, Luiz Rogério Peres – na oportunidade, representado pelo empresário Emílio Ângela Neto – e o sempre comprometido Mauricio Serôdio) que deram maiúsculas contribuições na execução desta maravilha, e o “time” inteirinho do Secretário de Obras Rafael Athanazio, que, de maneira muitíssimo comprometida, substituiu o meu particular amigo André Peres, nesta importante pasta. Por sinal, a bonita PLACA que foi descerrada na Praça do Bosque e que “abriga” o nome de todos os trabalhadores que atuaram neste projeto, é merecedora dos mais efusivos aplausos; afinal, neste Brasil norteado por picaretas de péssima índole, que se intitulam políticos, RECONHECIMENTO é um gesto em extinção.

Quis Deus que a Prefeitura Municipal de Botucatu, de novo, fugisse à regra, neste meu “pensar” e homenageasse todos aqueles profissionais que trabalharam, dia após dia – de manhã, à tarde, à noite e madrugada adentro – com o objetivo de cumprir o esboço traçado pela Administração Municipal. Glória!

Como funcionário da UNESP, há longos quarenta e oito anos, sem nunca ser lembrado pra nada, muito menos, quando o assunto é RECONHECIMENTO e, um cidadão “botucudo”, que aprecia (e muito) o bem estar das pessoas, quero abraçar um a um, todos esses “craques” que fizeram por merecer essa linda lembrança que, com certeza, ficará para sempre estampada na Praça Emilio Peduti, a nossa aconchegante “Praça do Bosque” e, nos seus corações. Parabéns a todos!

De modo bastante carinhoso quero abraçar dois ilustres amigos com os quais, prazerosamente, estive curtindo horas agradáveis num evento grandioso realizado aqui, domingo que passou: meus amigos, Caio Paganini Burini (que logo ao me encontrar, “querendo” justificar a nossa distância, desejou-me FELIZ ANO NOVO! E o moço que “toca tudo” lá no nosso Shopping Botucatu, José Henrique Faraldo.

Essas duas figuras grandiosas da nossa hospitaleira Botucatu, além de me honrar com suas amizades e parcerias em tudo o que proponho realizar em prol de um mundo melhor para todos, ainda tem paciência de ler os meus “causos” semanais.

Rubens de Almeida – Alemão

alemao.famesp@gmail.com