ROTARIANOS: “O ABRAÇO DE VÁRIOS BRAÇOS” QUE ENCHE O MUNDO DE ESPERANÇA

É, minha gente, mesmo com todo esse mal-estar que, dia após dia, vem aumentando mais e mais por este Brasil afora, a SOLIDARIEDADE continua mostrando que o caminho mais curto para resolução dos problemas é o ABRAÇO; aquele “apertão” que ajuda, conforta, abriga, enfim, é o elo que fortalece as amizades e equaciona toda situação desconfortável num simples “piscar de olhos”. 

Pois bem, querido leitor. Com muita satisfação fui mais um participante a invejável campanha MC DIA FELIZ, “baita” promoção do Instituto Ronald Mc Donald, realizada em agosto passado, que visava arrecadar, com a venda dos tradicionais lanches BIG MC, recursos para a compra de sete poltronas especiais que seriam usadas na unidade de Quimioterapia do Hospital das Clínicas da UNESP.

Ao final da campanha, por sinal, muitíssimo bem comandada pelos amigos Paulinho Nogueira, um dos “botucudos” mais solidários que a cidade absorveu nesses últimos anos; o “menino de ouro” Augusto Albano, representante oficial da FAMESP e um “punhado” de cidadãos do bem, e que teve apoio irrestrito da mídia local (emissoras de rádio e jornais), o pessoal da Oncologia Pediátrica do HC conseguiu “cascalho” suficiente para comprar apenas seis desses equipamentos.

Claro que esse resultado foi muito festejado, porém faltava tão somente uma cadeira para que aquele importante setor pudesse oferecer aos seus “pequenos” usuários, um serviço de qualidade menos sofrido.    Eis que alguém, nesse mundinho de difícil aceitação – até porque, tem muita gente safada, de péssimo caráter, sempre mal-intencionada, desviando (acho que roubando fica melhor) recursos dos cofres públicos, destinadas para TRATAMENTO DE SAÚDE da nossa gente – apareceu para tentar equacionar este déficit: meu amigo de longa data, Reginaldo “Pelé” de Oliveira, membro atuante do ROTARY CLUBE DE BOTUCATU CIDADE ALTA.       

Esse respeitável colaborador do Grupo de Amigos Voluntários, há mais de uma década, foi um dos responsáveis pela articulação dos cinco clubes de serviços (Rotary Clube de Botucatu; Botucatu Norte; Cuesta; Cidade Alta e Bons Ares) da terrinha e mais o do município de Pardinho (também agregado aos Rotarys locais) na conclusão desta bonita e importante “empreitada”. Aliás, querido Pelé, preciso aproveitar a oportunidade para lhe dizer que, dias atrás me lembrei daquela viagem que você, sozinho, fez até a cidade de Avaré para buscar uma expressiva doação de mobiliários que foi destinada à nossa Casa das Associações. Que saudade!

Exatamente no dia em que a Organização ROTARY CLUBE completava 111 anos de uma profícua existência (23/02), ao lado do amigo Augusto Albano, coordenador de campanhas da FAMESP, que, inclusive recebeu das mãos do Tesoureiro do Clube, Ricardo Iatauro, o cheque no valor de R$ 7.162,00 (sete mil, cento e sessenta e dois reais) estive na rotineira reunião desse progressista clube de serviços aqui da cidade – pena que o renomado pediatra Professor Doutor José Roberto Fioreto (de plantão naquela noite) e a maior preciosidade na área de Oncologia Pediátrica do nosso HC, a Doutora Lyed Pereira Mendes (por precaução médica, até por estar no último mês de sua gestação) ausentaram-se. 

Foi um encontro memorável! Muita alegria num congraçamento digno dos maiores elogios tomou conta de todos, lá no famoso restaurante CASARÃO. Assuntos dos mais variados foram discutidos pelos colegas do Presidente Doutor Aristeu Escobeto (outro baluarte na arte de bem servir), inclusive a realização de eventos beneficentes como este que favoreceu a Oncologia Pediátrica do HC e, por fim, um jantar apetitoso demais foi servido aos presentes. 

Querido leitor, tenho como princípio do meu bom modo de viver, mesmo contrariando algumas regras do jornalismo, “falo” aqui nesta coluna, quase sempre de coisas boas. Busco, insistentemente, mostrar em forma de opinião, aos meus seguidores, assuntos agradáveis, evitando indigestos; hoje, mais uma vez, com as graças DELE, deparei-me com essa maravilha de atitude demonstrada por um grupo de cidadãos do bem, integrantes do ROTARY CLUBE DE BOTUCATU CIDADE ALTA. Eta vidinha danada! Que Deus continue me propiciando momentos dessa grandeza!                                                                                           Parabéns, querido irmão rotariano. Como disse no início deste meu “conto”, o seu ABRAÇO fez toda a diferença. Com certeza a compra desse equipamento reduzirá um pouco mais, o mal-estar que a criança sente ao se submeter à Quimioterapia.

Nada como um “causo” assim para cumprimentar afetuosamente uma pessoa especialíssima na cidade; um cidadão cujo berço o destinou somente para um futuro promissor; leitor assíduo das minhas narrativas semanais; um dos maiores cirurgiões aqui da nossa hospitaleira e solidária Botucatu e, por fim, um filho especial de um político à moda antiga (não essas vergonhas dos dias atuais) mais solidários e humanos que conheci em toda a minha existência, o Prefeito de todos os Prefeitos botucatuenses, Luiz Aparecido “LICO” da Silveira: meu amigo lá de trás, Doutor Osni Silveira.

Também com muito carinho, através dos amigos Plínio Romangoli, Wilson Reche e Sérgio “Sucu” Pinceli, meus amigos de décadas e décadas, abraço todos os integrantes do belo “time” de companheiros do Rotary Clube de Botucatu Cidade Alta.

Meus cumprimentos e a minha mais profunda admiração a dois profissionais da área de Segurança Pública do município que, na manhã da última quarta-feira (24/02), salvaram um bebê de apenas 15 dias de vida que se afogou com a mamadeira: os Cabos PM Eliete Moura de Santana Ambrósio e Márcio Barbosa dos Santos. Que belo exemplo de profissionalismo! Voltarei a este assunto! 

Rubens de Almeida – Alemão / alemao.famesp@gmail.com