OS 80 ANOS DO SEU “CHICO CESAR”

É muito prazeroso festejar o aniversário de alguém especial em nossa vida, sobretudo, quando esta festa grandiosa é preparada ? s escondidas e o aniversariante nem desconfia que terá uma grata e emocionante surpresa no dia do 80º ano de uma bonita trajetória de vida muitíssimo admirada por todos nós.

Para essa ocasião, na noite da última sexta-feira (04/01), no Salão de Festas do FUSS – Fundo Social dos Servidores da FM, HC e FAMESP, os amigos e familiares do seu Francisco César, um dos comerciantes mais antigos da cidade (proprietário do Restaurante RECANTO DO IPÊ, na década de 70 e também da Lotérica A Fabulosa) se reuniram para festejar as 80 primaveras desta figura adorada por muita gente da terrinha, em especial, aqueles que habitam no populoso Distrito de Rubião Junior.

Evidentemente que a emoção “rolou” solta, por algumas horas, na festa surpresa do seu Chico, muito especialmente quando ele adentrou o salão e, perplexo, admirou a calorosa recepção dos presentes.

Suas três irmãs (também idosas), sua esposa Dona Marli e os filhos, netos, bisnetos, sobrinhos e mais um “montão” de amigos o receberam com muito carinho e entoaram o tradicional “Parabéns a Você” de maneira “pra” lá de emocionante.

A homenagem ao “patriarca”, resultado da sólida estrutura familiar formada por seu Chico sensibilizou os convidados. Não menos comovente foi assistir num telão – aliás, muito bem montado pelo amigo e radialista Odirlei Bozoni – um pouquinho da história de vida desse grande cidadão do bem.

Tão logo o suculento churrasco começou a ser servido, acompanhado de muitas “redondinhas”, mais uma homenagem: um bolo delicioso, porém, todinho verde e branco, com o distintivo do Palmeiras, time do coração do aniversariante do dia (mesmo sendo o alviverde do Parque Antártica o mais novo time a compor a tão sonhada segunda divisão do futebol brasileiro), ganhou aplausos da “galera”. Coisas desse fenomenal “Bando de Loucos” que norteiam positivamente a rivalidade das torcidas brasileiras! Vai Corinthians!

Brincadeiras de lado, até porque não deve ser nada fácil atingir (com muita saúde) uma idade dessas, como admirador incondicional desse senhor respeitadíssimo em todo o nosso município, não tenho outra coisa a fazer, senão parabenizá-lo e pedir ao nosso PAI, que o abençoe com uma vida ainda mais longeva e próspera.

Parabéns querido amigo! Tenha absoluta certeza de que muita gente ficou tão feliz ou até mais do que você naquela “baita” surpresa que a sua filha Juliana e a sua outra metade, a também querida Dona Marli, organizaram para festejar o seu aniversário. Que venha a festa dos seus cem anos!

Com muito carinho envio um fraternal abraço a uma admiradora da minha atuação em prol de um mundo mais justo e humano e também, leitora assídua das minhas escritas semanais: a simpaticíssima amiga Asenate Paes Vilas Boas e Fonseca.

Também, de um jeito bastante especial, abraço outros quatros leitores diferenciados dos meus “contos” aqui nesta coluna: meus amigos, Doutor Paulo Eduardo de Abreu Machado, Renato Vieira de Mello, Nivaldo Francisco Vizotto (que, inclusive, esteve nesta festança) e a querida Senhora Jorgete Cury.

{n}Rubens de Almeida – Alemão
alemao.famesp@gmail.com