GRUPO DE AMIGOS VOLUNTÁRIOS: VINTE E SETE ANOS PERCORRENDO A “ESTRADA” DA SOLIDARIEDADE!

 

alemaoAgosto sempre será o mês referência na vida de algumas pessoas, integrantes do Grupo de Amigos Voluntários que buscam, através dos seus gestos de generosidade, levar um pouquinho de conforto a muitos dos nossos irmãos que são frequentemente massacrados por essa brutal injustiça social que toma conta dos quatro cantos deste Brasil “administrado”, já há vários anos, por políticos incompetentes e desonestos.

 Aliás, se assim não fosse, qual seria o motivo da continuidade de um programa que nasceu de uma conversa entre quatro amigos inseparáveis (“nóis”, José Adelino Filho, João Reches Modene e Luiz Rogério Bernardo Peres) e que nesses vinte e sete anos de atuação recrutou dezenas de pessoas com os mesmos predicados (Doutora Solange Daher Zacarias, Celso Corrêa, Reginaldo “Pelé” Lardo de Oliveira, Francisco Ribeiro de Melo, Carlinhos Gamela, Armando Malveira,Anderson Moreno, José Augusto Celestrim Flores, Ondina Cotrin, Wagner “Wawa” Rodrigues, Romildo Peres, Benedito Crespin Rodrigues e tantos outros), continuar trilhando, por tanto tempo, pelos caminhos dessa “estrada” abençoada denominada SOLIDARIEDADE?

 Caro amigo leitor, nesses anos todos de atuação, lado a lado, com um “montão” de parceiros (comerciantes, empresários, comandantes de entidades representativas, profissionais liberais) e com apoio da mídia local, em especial das emissoras de rádio (a nossa Municipalista, a Rádio do Povo, até os dias atuais) realizamos inúmeras campanhas (Brinquedos, Cobertores, aquisição de cadeiras de rodas motorizadas, etc); isso só nos fortaleceu ainda mais. Hoje, graças à divulgação feita através desses aliados, temos uma “corrente” bastante positiva, capaz de amenizar, um pouquinho, muitos dos problemas da nossa gente.

 Tanto é verdade que já estamos recebendo doações de tudo (roupas, alimentos, móveis, camas, colchões) para um casal que cuida de três netos e que “residia” (em condições anormais) na periferia de Rubião Junior (Rua Ernesto Borgato).

Lamentavelmente esse casal que trabalha na colheita de laranjas (ganhando R$ 15,00 por dia, a meu ver, uma “diária” que posso dizer sem medo de errar, é uma vergonha nacional), na noite da última segunda-feira (15/08), ao voltar do trabalho encontrou a sua “moradia” todinha incendiada.

Que coisa triste de ver! Na hora fomos chamados por vizinhos para abraçar essa triste causa e lá estivemos. Por sinal, muita gente de Rubião Junior em companhia da Secretaria de Assistência Social do município está abraçada e ajudando muito (muito mesmo!) a família na superação deste trauma.

 Enfim, com muita satisfação utilizo todo espaço reservado a esta coluna para enaltecer a generosidade de muita gente que faz nossa hospitaleira e aconchegante Botucatu ser uma cidade muitíssimo destacada neste quesito. Aqui temos um “punhado” de coisas boas, porém a grandeza de alma do povo botucatuense é algo “pra” lá de especial. Digno dos maiores elogios!

 Por falar em DIVULGAÇÃO, peço licença a você que me acompanha aqui semanalmente, para divulgar uma mensagem bem parecida com a que publicávamos, mensalmente, no Informativo do FUSS – Fundo Social dos Servidores da FM, HC e FAMESP (unidade social que atendia servidores dessas três instituições e que, infelizmente, foi extinta recentemente). Vamos lá:

SOCORRO

É prazeroso demais trabalhar, alimentar-se, ter uma moradia, conviver com os filhos de um jeito bastante feliz e, porque não dizer: COMO É BOM TER UMA VIDA DIGNA! Pena que isso não acontece com uma grande parte da população brasileira e, na nossa cidade não é nada diferente. Nós, do Grupo de Amigos Voluntários, temos pedido incansavelmente através das emissoras de rádio e dos colegas servidores da UNESP que nos auxiliem na continuidade de um Projeto Social que ampara um número enorme de famílias carentes que, “residem” nos variados bairros periféricos da cidade.

 Graças a sua SOLIDARIEDADE continuaremos a atender todas essas famílias que, infelizmente, enfrentam sérias dificuldades de sobrevivência. Caso o querido leitor tenha algum móvel que não esteja mais utilizando (guarda-roupa, camas, mesa, cadeiras, cômodas, fogão, geladeira), colchões, roupas, sapatos, enfim qualquer utensílio doméstico e, principalmente alimentos (qualquer gênero alimentício, leite, etc), ligue para nós (14 99631 6516, Alemão) que o nosso pessoal irá buscar. Se você, caro amigo, deseja ingressar neste grupo que faz da SOLIDARIEDADE um jeito gostoso de ser feliz, venha ao nosso encontro.

 Parabéns a todos os integrantes, colaboradores e parceiros de dia após dia, deste grupo que, se Deus quiser, continuará a fazer sua parte na consolidação de um mundo melhor para todos. Nada como um conto deste para abraçar, carinhosamente, todos os componentes da diretoria do NUTRAS – Núcleo de Transformação Social, localizado lá no sofrido Jardim Santa Eliza, em especial meus amigos João Reche,o estimado João da Refrilar e o sempre solidário Donizeti Manzini.

 Uma grande festança ocorreu na noite da sexta-feira que passou lá nas dependências da Igreja Nossa Senhora de Fátima, na Vila Antártica. Um JANTAR BENEFICENTE foi realizado pelo grupo do amigo João Cláudio Tomaz da Silva, o Joãozinho da Aquário, cuja arrecadação foi destinada integralmente ao NUTRAS.

 Também, com muito carinho, abraço três companheiros da saudosa FCMBB – Faculdade de Ciências Médicas e Biológicas de Botucatu, leitores especiais dos meus causos aqui contados, com os quais, juntos, relembramos fatos agradáveis vividos num tempo que, infelizmente ficou para trás: os Professores Julio Nakagawa, eterno Diretor da encantadora FCA – Faculdade de Ciências Agronômicas do Lajeado e o simpático casal Tereza e Yoshio Ky.

 Infelizmente a minha coluna ficou um pouquinho enfraquecida. No exato momento em que estava encaminhando este texto para a redação do jornal recebi a triste notícia do falecimento de um dos meus mais nobres leitores: meu companheiro e amigo de décadas Doutor Adriano Ventrela. Êta “nóis”! Até qualquer dia grande Doutor “Pintado”!

 

Rubens de Almeida – Alemão

alemao.famesp@gmail.com