FERROVIÁRIA REALIZOU SERESTA EM HOMENAGEM AOS PAIS

“Esses seus cabelos brancos, bonitos; esse olhar cansado, profundo; me dizendo coisas, num grito; me ensinando tanto, no mundo; esses passos lentos de agora, caminhando sempre comigo, já correram tanto na vida. Meu querido, meu velho, meu amigo”. MEU QUERIDO, MEU VELHO, MEU AMIGO” (Roberto Carlos).

Parafraseando o cantor Roberto Carlos, autor desta música maravilhosa que retrata, com muita propriedade, a trajetória do pai presente, constante e amigo nesta nossa curta passagem pela terra, inicio este meu conto.

Em tributo aos “verdadeiros” pais (dignos de serem homenageados), assim como na bela poesia entoada pelo ‘Rei’, os diretores da AAF – Associação Atlética Ferroviária realizaram uma maiúscula homenagem para pais associados e convidados, com uma seresta bastante animada, na noite do último sábado (11/07), no ginásio II, do clube.

Os mais de cento e cinquenta casais que prestigiaram aquele baile tão esperado foram contemplados com uma festa grandiosa, muito especial mesmo; aliás, já virou tradição o tricolor realizar serestas sempre impecáveis, em datas comemorativas. Festa idêntica já havia ocorrido no mês de maio em homenagem as mães.

A famosa BANDA TALISMÃ, da cidade de Campinas, composta por cinco músicos de primeira linha (Gizeli, Vander, Kalu, João e Messias) contratada para animar a noite, simplesmente “chacoalhou” o tempo todo, todos os “pés de valsa” que lá estiveram. Por sinal, a menina Gizele, vocalista do conjunto, dona de uma voz encantadora e, mais ainda, possuidora de um talento invejável na arte de interpretar músicas badaladas e conhecidas do público em geral, transformou-se na sensação da noite, fazendo a alegria dos dançarinos e, principalmente, daqueles que optaram por ouvi-la cantar.

Como de costume, naquela “paradinha” em que os músicos buscam, através de um “golinho” de água, recuperar as energias, o máximo mandatário da Ferroviária levou a sua mensagem aos “papais” presentes. De maneira simples, o querido presidente João Francisco Chavari “abraçou” todos os pais; falou um pouquinho do dia a dia, da sua administração; saudou, de um jeito bastante cordial, os diretores dos “DRAGÕES DA VILA, em especial os amigos Paulinho Capelupe e o eterno presidente do BTC, Nilceu Giacóia, ali presentes e, por fim, pediu a colaboração dos frequentadores das serestas, para que dêem sua opinião sobre a contratação de bandas para as próximas serestas. Segundo ele, essa abertura, certamente, fará com que os bailes sejam ainda mais animados e repletos de sucessos.

Enfim, mais uma vez, os sócios da Ferroviária, tiveram o privilégio de curtir um pouquinho do “Dia dos Pais” dançando e festejando essa data tão significativa lá no “clube da baixada”.

Meus aplausos aos caros amigos, dirigentes desse clube que, nos últimos anos, vem tendo um crescimento admirável, ? altura da grandeza do seu quadro associativo, muito especialmente, aos companheiros do Departamento Social, pelo sucesso alcançado em mais este evento comemorativo.
Parabéns, presidente João Francisco Chávari por ter a sensibilidade de dividir responsabilidades visando o bem estar e o contentamento dos associados.

Com certeza, na próxima semana mostrarei aos leitores do nosso “Diário da Serra” a bonita trajetória de um dos clubes mais conceituados da cidade: o simpático e acolhedor “DRAGÕES DA VILA”. Como sabemos, esta agremiação, situada na populosa Vila dos Lavradores, completa neste mês, 40 anos de uma profícua existência.

Meu afetuoso abraço desta semana é endereçado a um cidadão diferenciado e leitor assíduo dos meus “causos” aqui contados; uma figura admirada e muitíssima solidária, com quem desfruto uma amizade respeitável e que para minha satisfação, acompanha, cotidianamente, o trabalho social que realizo na cidade juntamente com outros colegas: meu amigo Doutor José Nelson Andrade Moreira, um dos oftalmologistas mais competentes em todo o Estado de São Paulo.

Com carinho ainda maior, abraço todos os colaboradores da Associação de Pais e Amigos das Pessoas Portadoras de Necessidades Especiais – APAPE (desde o mais humilde dos funcionários até o mais ilustre dirigente) que, neste mês, completa 10 anos de um trabalho voltado somente para pessoas especiais, em diversas especialidades. Que “baita” exemplo de cidadania!

Rubens de Almeida – Alemão
alemao.famesp@gmail.com