FERROVIÁRIA HOMENAGEOU MÃES COM GRANDIOSA SERESTA E ENCERROU COMEMORAÇÕES DE ANIVERSÁRIO

Aconteceu, na noite do último sábado (09/05), no ginásio II da Associação Atlética Ferroviária, uma seresta grandiosa e bastante concorrida. Na ocasião os associados do tricolor botucatuense, bem como os amantes da dança de salão, em especial as mulheres (até porque o baile tinha como objetivo, além de festejar os 76 anos de fundação do “clube da baixada”, homenagear todas as mães presentes) foram contemplados com uma noite encantadora, maravilhosamente bem animada pelo renomado vocalista VADO NEGRI e sua Banda.

Durante todo o transcorrer do baile – que teve um público espetacular – muita alegria tomou conta do salão. Músicas dos mais variados ritmos (inclusive o monstruoso hino dos imortais Milionário & Zé Rico, ESTRADA DA VIDA) foram interpretadas pelo conjunto. A pista de dança “ferveu” ao longo da noite. Alguns embalos fizeram com que houvesse mais casais na pista do que acomodados em suas mesas.  Aliás, a presença de dirigentes de outros clubes sociais da terrinha (Jânio Gonçalves e Dinho Herbst, presidente social e vice, respectivamente, da “veterana; Antonio Cecílio “Juninho” Junior e Paulinho Capelupi, dos “Dragões da Vila”, e o eterno presidente do Botucatu Tênis Clube, Nilceu Giacóia, entre outros) fortaleceu ainda mais o intento dos diretores tricolores que almejaram encerrar as festividades de mais um aniversário do clube, em alto estilo.

Tão logo ocorreu aquela “paradinha” na qual os músicos buscam recuperar o fôlego, um brinde foi servido aos seresteiros; em seguida, os diretores da AAF, tendo à frente o presidente João Francisco Chávari prestaram uma bonita homenagem às mães presentes, através da senhora Deise Contessote, mãe do meu particular amigo Jaiminho Contessote. Essa estimada dama, uma seresteira “classe A”, que participa de todos os eventos desse tipo que são realizados nos clubes da cidade, recebeu um lindo buquê de flores. Foi tudo muito boniito e emocionante demais! Parabéns pela homenagem, querida amiga Deise.

Novamente, como já é de costume, os colegas da mídia local, mais especificamente, os profissionais que apreciam (e muito) a arte de “tirar retratos” também fizeram a diferença na noite. Meus amigos Rodrigo Scala e Márcia Paim, com suas habilidades e muitos flashs, abrilhantaram ainda mais a beleza da noite.

Enfim, o nosso simpático “Tricolor da Baixada” conseguiu promover, na semana do seu aniversário, outro grande encontro entre os amantes da dança e da boa música e, mais ainda, oferecer, em forma de carinho, uma festa a todas as mães associadas desse clube que progride invejavelmente.

Aplausos, muitos aplausos, aos diretores, conselheiros e funcionários (todos, indistintamente) da nossa Ferroviária, pelo sucesso obtido nessa festança que serviu, entre outras coisas, para abraçar a mulher “mimosa flor”, numa data de suma importância para elas.

 

HOJE É DIA DO ASSISTENTE SOCIAL

 

15 de maio é uma data bastante especial para uma categoria profissional que vem tendo uma atuação de destaque por todos os cantos deste país injusto socialmente, por amenizar, entre “nóis”, brasileiros (diferentemente do que dizem esses “picaretas” do Governo Federal), a fome, a pobreza e a miséria que persistem castigando lares e mais lares por esse Brasil afora: o ASSISTENTE SOCIAL.

Vejam bem, na última eleição presidencial, esses mesmos “picaretas” que estão acabando com o Brasil, usaram e abusaram das tais “bolsas”, como forma de angariar votos e continuarem no poder. Só que tão logo foram empossados, a triste realidade voltou à tona: o povo continua atolado e sofrendo todo tipo de dificuldade de sobrevivência, inclusive a classe “dita” média, que não consegue, sequer, comprar o básico sem driblar o orçamento. Dá para acreditar?

Quero, por meio desta coluna, portanto, abraçar, um a um, todos (e todas) os bravos profissionais intitulados Assistentes Sociais. Aliás, tenho acompanhado, bem de pertinho, o desenrolar de alguns programas sociais que estão sendo desencadeados aqui no nosso município, pela Secretaria de Assistência Social, muito bem comandada pela amiga Amélia Maria Sibar e, em especial, no Hospital das Clínicas da UNESP (minha eterna morada), pela também amiga Solange de Moraes e tenho sentido que, de fato, estamos no “fundo do poço”.

A cada dia, a discrepância entre as pessoas aumenta inadmissivelmente; a divisão de rendas, nem se fala, daí a minha admiração por essa coletividade que, tenho absoluta certeza, tenta, a todo custo, tornar menor o sofrimento dos nossos irmãos que são penalizados, por essa política social imunda, voltada somente para o bem das chamadas “classes altas”.

Quis Deus que eu tivesse vindo ao mundo, exatamente, num dia tão relevante, perante os princípios divinos, como o dia 15 de maio. Com as graças DELE, o nosso PAI, também festejo, mais um ano de vida nesta data abençoada e, ao lado de todos esses valiosos trabalhadores, certamente vou festejar muito.  

 

Parabéns pelo seu dia ASSISTENTE SOCIAL de todo o Brasil!

 

Nesse final de semana continuaremos no “embalo” das muitas festividades que são realizadas neste mês de maio. De novo a nossa Ferroviária será a sede de mais dois eventos grandiosos. Um é o “badalado” show de um dos grupos musicais mais famosos do mundo: ROUPA NOVA. Meu querido irmão Vanderlei dos Santos, o âncora da nossa radiofonia, convida os botucatuenses em geral para participarem desta mega festa que acontece hoje à noite, no ginásio da AAF. Tô nessa!

Já, amanhã, lá mesmo na “baixada”, vai rolar, ao longo do dia, a 9ª edição da tradicional “FESTA DOS AMIGOS”. Com certeza, na próxima semana falarei deste “baita” encontro.

Envio um carinhoso abraço a um leitor especialíssimo das minhas narrativas semanais, com quem, prazerosamente, “troquei figurinhas” na seresta da Ferroviária: meu amigo de longa data, Luiz Antonio Coelho Gomes, o queridíssimo Zulo.

 

Rubens de Almeida – Alemão

alemao.famesp@gmail.com