EU COMPARO A VIDA COM AS ÁGUAS QUE CORREM DO RIO PARA O MAR…

 

“Eita nóis”! Que “baita” chamada encontrei para iniciar o meu conto desta semana! Nunca deixarei de aproveitar qualquer oportunidade que “bater” na minha frente para “matar saudades” do meu compadre Zé Rico, que hoje mora no céu. Graças a Deus eu também comparo este meu viver com as águas que vão para o mar.

Já o amigo sanfoneiro mais famoso da cidade, Jorge Duarte Miguel, Tenente Coronel, Comandante do 12º BPM I utilizou os dizeres desta linda canção (Recordando a Infância) – por sinal, uma das musicas mais tocadas no Brasil, em anos passados, de autoria do meu saudoso amigo Zé Rico – para homenagear o primeiro policial a receber a sua condecoração como POLICIAL DO ANO, numa solenidade grandiosa realizada na manhã do último dia primeiro, no aconchegante “ARETÉ EVENTOS”. 

Que cerimônia bonita! Como é bom saber que, mesmo habitando num país, onde, todo dia, safadezas das mais variadas são reveladas a “nóis”, que já não aguentamos mais tanta roubalheira, ainda existem instituições que enaltecem e valorizam os seus profissionais. 

 Prezado leitor, de novo fui convidado para um evento cujo objetivo era  valorizar os policiais militares que, a duras penas (até porque, os nossos governantes sequer ajustam os seus salários anualmente), dedicam-se, incansavelmente, ao cuidado com a nossa segurança, ofertando-lhes, de maneira bastante carinhosa, um reconhecimento público dos seus superiores.

Que maravilha! Como sempre fui contemplado com as mãos divinas, confesso que gostei muito do que me foi oferecido! Aliás, gostei também (e muito) quando o jovem Prefeito João Cury Neto – um dos muitos convidados a se pronunciar – disse: “… sempre apreciei ver homenagens; acho que reconhecimentos têm de serem feitos, exatamente dessa maneira, ou seja, em vida…". Grande João! 

Como é de praxe do setor de comunicação do 12º BPM I, a solenidade aconteceu de um jeito muitíssimo especial. Uma mesa de frente de causar admiração aos presentes foi montada pela organização. Nela estavam dois Juizes de Direito, o Doutor Josias Martins de Almeida Junior, e o Doutor Ronald Guido Junior, um respeitável Magistrado da esfera federal; os Prefeitos João Cury Neto e Marquinhos Monti (São Manuel); André Rogério “Curumim” Barbosa, Chefe do Poder Legislativo “botucudo”; Doutor Antonio Soares “Marvadeza” da Costa Neto, Delegado Seccional de Polícia; o “home” que, mesmo comandando uma corporação de peso como o 12º BPM I, continua mostrando uma simplicidade incrível, meu amigo Tenente Coronel Jorge Duarte Miguel; Doutor Adjair de Campos, Secretário de Segurança do Município e duas maravilhas da esfera REPRESENTAÇÃO: meus amigos Domingos Chávari Neto, Presidente da Associação dos Subtenentes e Sargentos e a simpaticíssima Presidente da Associação dos Cabos e Soldados Raquel Ribeiro. 

 Evidentemente que outras personalidades presentes a este grande “encontro” de componentes das forças de segurança, também faziam por merecer ocupar uma cadeira nessa “robusta” mesa de frente, no entanto, mesmo não “estando lá”, esses cidadãos deram contribuições expressivas para que essas homenagens fossem, de fato, significativas. Como deixar de citar nomes como o do Major Osmar Amaro dos Santos Junior, Comandante Interino do 12º BPM I; do também Major José Semensati Junior, Coordenador Operacional do Batalhão, e do comandante da 1ª Companhia Capitão PM, Alexander Cagliari, no sucesso deste monstruoso ato de reconhecimento profissional? 

Enfim, em mais um ano, toda a Corporação da Polícia Militar acaba sendo “chacoalhada” de modo bastante carinhoso pelo seu comando, afinal, quatro dos seus integrantes receberam honras de reconhecimento profissional que, infelizmente não são comuns nos dias atuais. Com certeza, esses policiais guardarão para sempre em suas memórias, muitos daqueles belos lances ocorridos naquela manhã. 

Como servidor público há quase 48 anos, de um Estado referência na Federação e jamais tendo presenciado qualquer tipo de reconhecimento deste nível dentro da Instituição UNESP, quero, primeiramente, parabenizar toda a estrutura que comanda o nosso Batalhão, em especial o seu Comandante Tenente Coronel Jorge Duarte Miguel e, ao mesmo tempo abraçar, um a um, os quatro policiais que foram destaque no ano de 2015. São eles: CB PM Forner, 1ª Companhia; CB PM Pacheco, 2ª Companhia (São Manuel); CB PM Moura, 3ª Companhia (Laranjal Paulista) e o Sargento Perassoli, Estado Maior do 12º BPM I. Parabéns pela conquista, brilhantes profissionais.

Peço perdão aos leitores que me acompanham e, principalmente àqueles amigos que prestigiaram este grande evento – aliás, um compromisso de um Batalhão (12º BPM I) que agrega 13 cidades e que começou a ser colocado em prática em 2001-para aplaudir o palestrante Mauro Dias, o “menino mestre” do Mundo da Mágica e da Oratória. Esse garoto que, lá atrás (acho que nem ele mesmo lembra da data), chegou a Botucatu, acompanhado da sua mãe (uma verdadeira leoa, tamanha a sua garra) e de dois irmãozinhos (gêmeos), de apenas três anos de idade, e morava, de favor, no interior de uma garagem, numa moradia do Distrito de Rubião Junior, merece ser citado nesta coluna, não só pelo talento demonstrado nesta solenidade – uma verdadeira aula de excelência – mas, principalmente, pela sua diferenciada maneira de demonstrar as peripécias do mundo da mágica, através do ilusionismo. Todas as quatro lindas e justas homenagens prestadas agigantaram-se diante do brilho  marcante de seu espetáculo. 

Aliás, apresentações desse tipo exigem de qualquer jornalista, um atendimento especial, muito maior do que, simplesmente, o enaltecimento. Com certeza, um dia, mostrarei à sociedade botucatuense o tamanho da capacidade intelectual desse menino que, como muitos outros “perambulam” por esse Brasil afora, “fazendo a diferença”, porém, sem sequer ganhar o suficiente para a sua sobrevivência. 

É sempre prazeroso aproveitar oportunidades desse porte, em que pessoas do bem recebem HONRAS DE LOUVOR pelo cuidado com o bem estar de toda uma coletividade, para abraçar pessoas especiais em nossas vidas. Com muito carinho abraço quatro grandes integrantes da minha valiosa galeria de amigos com quem estive naquela solenidade festiva: meus amigos Doutor Lourenço Talamonte, Donizeti Manzini, Djalma Santos Bovolenta e o Tenente do Corpo de Bombeiros, Edson Wincler Filho.

Pra finalizar, envio um abraço enorme a dois parceiros das nossas ações benevolentes, meus amigos Doutores Ubirajara Teixeira, o querido Doutor Bira da UTI Central e Emílio Carlos Curcelli, Superintendente do HC – aniversariantes do último dia 8 – e a toda equipe da Secretaria de Saúde do município que, na última terça-feira, “encerrou”, com glórias, as suas atividades neste ano. Com muita satisfação estive presente nesta grandiosa FESTA DE CONFRATERNIZAÇÃO, ocorrida lá no Clube de Campo da ASU. Através, do meu particular amigo Doutor Cláudio Miranda, digno Secretário desta importantíssima pasta, abraço, todos os funcionários e amigos com quem, prazerosamente, curti alguns minutos de muita alegria naquela festança.

 

 

 

Rubens de Almeida – Alemão 

 

alemao.famesp@gmail.com