Dois aniversários de casamento, dois exemplos de humanidade

comemoracaoDuas comemorações de “gala” ocorridas aqui na terrinha, no último final de semana, aconteceram de maneira “pra” lá de simples e acabaram em demonstração de solidariedade que deveria ser seguido por todos nós.

Primeiro foi a festança em comemoração aos sessenta anos de casamento do casal Senhora Maria de Lourdes Tamburo Francisco e o senhor Geraldo Francisco, um dos moradores mais antigos do populoso e aconchegante “Bairro da Estação”, a nossa querida Vila dos Lavradores. Depois foi a festividade que juntou uma “porção” de bons amigos para abraçar o casal Ondina Cotrim e Wagner “Wawa” Rodrigues, lá na progressista Vitoriana, que naquela data comemoravam vinte e cinco anos de casamento.

Em ambos festejos, o objetivo maior foi o congraçamento familiar e entre amigos mais próximos, que, certamente festejariam esse marco com muita alegria e satisfação, até porque se tratava de dois casais extremamente amáveis e muito considerados na cidade; no entanto, nos dois eventos, além dos tradicionais cumprimentos que, vieram acompanhados de “muita comida e bebida”, os convidados também tiveram a oportunidade de “fazer a diferença”. Ao invés de presente, cada um doou uma cesta básica de alimentos a ser posteriormente entregue aos mais necessitados. Que maravilha! Que “baita” atitude de generosidade!

“Bão”, com as graças de Deus, fui mais um entre os inúmeros padrinhos que levou ao altar (localizado, humildemente, ao lado da piscina da moradia do casal) os dois maiores voluntários daquele sofrido Distrito de Vitoriana, Ondina e Wawa Rodrigues, no início da tarde do sábado. Que festa bonita. Quanta simplicidade! Teve de tudo um pouco, principalmente muito calor humano e uma lição ininterrupta, por parte dos organizadores da festa, de como amar o próximo. Aliás a mestre de cerimônia, a sempre simpática Professora Elenice Deffune simplesmente “arrebentou” quando usou a sua fala para oficializar a continuidade dessa união, que já dura longos vinte e cinco anos. Foi emocionante demais!

Enfim, parabéns aos dois simpáticos casais por conseguirem DELE, o nosso PAI a benção de uma convivência sólida e, se Deus quiser, eterna, especialmente a dos maiorais Maria de Lourdes e Geraldo Francisco que já passa de seis décadas. E mais ainda, pela atitude generosa que tiveram, de abdicar do tradicional presente para contribuir com as entidades assistenciais do município. Ao todo foram arrecadados nos dois “casamentos” mais de cento e vinte cestas. Glória!

Já que o assunto é SOLIDARIEDADE, aproveito este agradável momento para parabenizar todos os alunos do Colégio La Salle, importante e valorosa Instituição de Ensino que é referência em todo o nosso Estado, bem como todos os professores e diretores, em especial a Professora Nilcéa Arruda, Coordenadora da PAJULA – Pastoral da Juventude Lassalista, por destinarem aos nossos projetos sociais, mais de mil quilos de alimentos.
Arroz, feijão, açúcar, leite, farinha de trigo, macarrão, enfim uma variedade enorme de alimentos não perecíveis que foram arrecadados em uma gincana ocorrida no mês passado entre todos os alunos do colégio. Essa clássica brincadeira entre as crianças, além de ofertar subsídios muitíssimos valiosos na formação dos pequenos cidadãos, ainda os premia com notas no seu boletim escolar. Boa, muito boa essa iniciativa que já dura alguns anos. Parabéns a todos.
Como integrante e coordenador geral do Grupo de Amigos Voluntários, um “time” de pessoas solidárias que frequentemente se defrontam com as mais variadas dificuldades de sobrevivência que muitas famílias enfrentam neste Brasil extremamente injusto socialmente e, mais ainda, como responsável pela administração das Casas de Apoio da FAMESP, um lar que acolhe quase cem pessoas por dia, não tenho outra coisa a fazer senão cumprimentar, um a um, todos os componentes da família LASSALISTA, principalmente os alunos por, mais uma vez, destinarem a “nóis”, uma doação desta grandeza.

“Eta nóis”! Como é bom ter a felicidade de cumprimentar um amigo por algo importante que ele nos ofereceu. Com muita alegria e uma satisfação incontida, utilizo este precioso espaço na minha coluna, para felicitar o brilhante trabalho que o meu amigo, “menino que todo mundo gosta”, como bem disse o nosso diretor Pedro Manhães, no seu editorial de ontem, estampou na sua coluna “GENTE QUE BRILHA” de terça feira que passou.
Só mesmo a simplicidade e a humildade de um profissional, que está prestes a comemorar duas décadas de atuação como colunista social aqui na terrinha, é que são capazes de ofertar a “nóis”, leitores, momentos de uma reflexão mais profunda sobre este nosso VIVER.
Parabéns grande companheiro Rodrigo Scala. Agora eu tive a certeza porque a sua badalada coluna é a “bola da vez” do nosso Diário. Parabéns, pelas verdadeiras amostragens de vida, meu irmão.

Rubens de Almeida – Alemão
alemao.famesp@gmail.com