DESCENTRALIZAÇÃO DA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DE SÃO PAULO É APROVADA UNANIMEMENTE

“Novos tempos”! Isso mesmo! Participei na manhã do último sábado, na cidade de São Manuel, no Clube Recreativo, de um grande encontro que reuniu mais de quinhentas pessoas, entre elas, perto de cem prefeitos municipais de todo o interior paulista, onde pude perceber que muita coisa deve mudar para melhor aqui no Estado de São Paulo. Sinto que a boa nova está chegando.

O evento organizado pela assessoria do Deputado Estadual Doutor Fernando Capez consistiu em demonstrar a “nóis”, interioranos, a brilhante ideia do atual Presidente da Assembléia Legislativa de trazer o Parlamento Paulista para o interior e discutir muitos dos problemas dessa importante “Casa de Leis” junto dos prefeitos municipais e sua gente. E não deu outra. A aprovação foi unânime (os presentes lotaram todas as dependências do clube) diante dessa feliz iniciativa.

Alguns dos prefeitos que lá estiveram não titubearam em “contar” um pouquinho do sofrimento que enfrentam em suas administrações. O anfitrião Marcos Monti e o “botucudo” João Cury Neto foram os primeiros a se manifestar. Ambos (claro que cada um ao seu estilo) conseguiram sensibilizar o Doutor Fernando Capez, Presidente (já há quase cem dias) da maior Assembléia Legislativa de todo o país.

O samanuelense Marcos Monti aproveitou o momento como “dono da casa” para fazer várias reivindicações para os seus munícipes e, por ser o Presidente da Associação dos Municípios Paulistas, também levou ao conhecimento do Deputado Capez os inúmeros problemas que chegam, cotidianamente, à sua entidade.

Por sua vez, o “moço” de Botucatu, João Cury Neto com muita propriedade arrancou muitos aplausos dos presentes ao final de sua oratória. O nosso representante deu uma verdadeira aula de cidadania chegando, inclusive, a fazer comparações interessantes com a triste realidade que a nossa gente vem enfrentando, por conta dos descasos do Governo Federal. O Chefe do Executivo botucatuense que, por duas vezes consecutivas desbancou, nas urnas, os representantes do PT – Partido dos Trabalhadores em Botucatu, no seu pronunciamento usou um ditado árabe que, sem dúvida alguma, tem muito a ver com o atual momento (“… ou a gente chora ou a gente vende o lenço…”).

Foi gostoso demais ouvir o “menino” João Cury esbanjar competência, principalmente quando, entre uma e outra afirmação, disse que São Paulo está dividido em vários estados. Para ele existe o Estado da região de Campinas; do Vale da Paraíba: do Vale do Ribeira; da região de Ribeirão Preto e, por fim, o resto. Nesse instante, o público que atentava silenciosamente para as suas colocações, não pensou duas vezes em interromper a sua palavra com muitos e muitos aplausos.

“Bão”, aí chegou a vez do ilustre Doutor Fernando Capez, o “peso pesado” da política nacional “subir ao palco”. Ele não escondeu a enorme felicidade de ora ocupar o maior cargo público do todo o Estado (Presidente da ALESP) e, mais ainda, o orgulho “sem limites” que está sentindo por ter sido eleito para comandar a “Casa das Leis” do povo paulistano nos próximos dois anos. Acredite! Dentre os 94 Deputados que compõem a Assembléia Legislativa, 92 deles hipotecaram solidariedade aos intentos deste Deputado, com vistas ao progresso que já estamos vivenciando.

Doutor Capez, o Deputado mais votado na última eleição (teve 306.628 votos) falou muito desse projeto que aproxima a Assembléia Legislativa da população do interior; em detalhes, mostrou à importância desse programa que, certamente num curtíssimo espaço de tempo, trará benefícios a sociedade. Cumprimentou um a um todos os seus “parceiros” – aliás, vindo de todos os cantos do estado. Lembrou com muita alegria de como conheceu o “Chico” Martucci, o Doutor José Silvio e outros aliados samanuelenses. Elogiou com muito carinho, a ONG “C TEM QUE SABER; C TEM QUE CURAR”, uma das mais consideradas ONGs do segmento saúde no mundo. Contou alguns “causos” envolvendo políticos honestos, dentre os quais, um que envolve o prefeito de um município do interior que foi “julgado” de maneira equivocada pelo TCE – Tribunal de Contas do Estado e que está muito adoecido, já há alguns anos. Prometeu voltar a São Manuel, antes da realização do segundo “congresso” para trazer as soluções de alguns pedidos formulados e, ao final de sua participação, apresentou o Doutor Anderson Pomini, um profundo conhecedor da legislação que norteia a classe política como um todo.

Por alguns minutos, esse especialista deu uma “baita” aula de conhecimentos gerais sobre política e processo legislativo que encantou a todos. Posso dizer, sem medo de errar que nem mesmo os Presidentes dos Partidos Políticos lá presentes tinham conhecimento das dicas que aquele respeitável jurista ofereceu à plateia.

Enfim, mesmo que estejamos vivendo o cenário político dos desmandos e dissabores – afinal, ultimamente só ouvimos falar em corrupção; desemprego; aumento infundado de contas de água e energia elétrica; impossibilidade de conciliar, receitas e despesas no orçamento doméstico; homens públicos tidos como notáveis sendo descobertos em suas falcatruas diariamente e por aí vai… – não devemos perder a esperança de dias melhores para todos.

O encontro realizado em São Manuel é a maior prova de que estou certo. Vou mais longe! Enquanto uma grande parte dos políticos, dia após dia, cai na chamada “boca maldita”, por desvios de condutas, corrupção e outras barbaridades, deparamo-nos com cidadãos do nível de Fernando Capez, um homem público honrado, competente, trabalhador, estudioso e que ostenta grandes qualidades, cuja decência e caráter aumentam, ainda mais, o seu largo prestígio dentro da comunidade política, especialmente aqui no nosso Estado.

Prazerosamente envio o meu carinhoso abraço desta semana ao casal Flávia e José Roberto Pereira. Esses amigos recepcionaram muitos convidados, na noite da última terça-feira (26/05), no ARETÉ EVENTOS, para festejar junto de um “punhado” de crianças, o aniversário do garotinho Bebeto. A turma do “Balão Mágico” chacoalhou (e muito) o salão, por várias horas. Como é bom participar de festas infantis!

Também com muito afeto abraço todos os integrantes da família Rúbio, em especial, o meu “companheiro” de tempos idos, lá na saudosa FCMBB – Faculdade de Ciências Médicas e Biológicas de Botucatu, Luiz Rúbio (este sim é gente boa!). Uma grande confraternização entre os integrantes dessa família tradicionalíssima aconteceu domingo que passou, lá no Centro do Professorado Paulista, para comemorar os 500 ANOS DOS FILHOS DE MARIA E JOSÉ. Soube que foi uma festança das grandes. Parabéns, queridos amigos. Infelizmente, nos dias atuais não existem mais famílias que se abraçam como vocês.

 

                                      Rubens de Almeida – Alemão

alemao.famesp@gmail.com