CARREATA CONFIRMA SATISFAÇÃO DO POVO COM O GOVERNO MUNICIPAL ATUAL

Botucatu assistiu, durante algumas horas do último sábado de setembro, uma das maiores demonstrações de apreço para com um filho que anseia dar continuidade a um projeto esboçado, há quatro anos, que prioriza a população como um todo, oferecendo-lhe mais moradias, vagas em creche, novos hospitais, Postos de Saúde modernos, empregos, academias ao ar livre, belas praças, enfim, mais, mais e mais, exatamente como foi dito na eleição passada: BOTUCATU MERECE MUITO MAIS.

Mais de mil carros participaram deste acontecimento histórico. Para nós, botucatuenses, uma festa jamais vista em nossa cidade. Ao longo de todo o percurso a democracia, mais uma vez, marcou sua presença com muita força e transparência. Além dos muitos rojões soltados durante todo o trajeto, não faltaram, aquele tradicional “buzinaço” constante e milhares de bandeirolas, aplausos e manifestações de carinho da população que saiu ? s ruas para mostrar a sua satisfação com o atual governo e aplaudir um político que, com muito dinamismo, seriedade, comprometimento e competência vêm gerindo o nosso município.

Claro que na disputa por cargos de liderança sempre existem pessoas que me lembram o “Patropi”, um marcante personagem da antiga Escolinha do Professor Raimundo, da Rede Globo de Televisão (quem não se lembra da sua célebre frase: “parece que não sei”?) e outras, mais “sabidas”, que tentam, a todo custo, manipular a opinião pública com mentiras e mentiras, no entanto, o quadro que hoje vivenciamos nos proporciona a clara impressão de que esse moço (o jovem Prefeito Municipal) continuará sendo o nosso representante por mais quatro anos na Prefeitura de Botucatu.

É minha gente, o mundo de fato, está mudando para melhor; o nosso povo amadureceu e, com as graças DELE, não aceita mais ser enganado. Aliás, não custa nada alertar alguns picaretas da pior espécie que tentam se defender de acusações diversas nos mais variados tribunais, dizendo-lhes uma grande verdade: o Prefeito atual, dado as suas qualidades como político empreendedor, exímio “buscador” de recursos para a execução de obras e benfeitorias destinadas ? população, em esferas federais (na maioria das vezes, em Ministérios comandados por políticos de outros partidos) e, principalmente, como ser humano diferenciado, que tem como referência maior, gostar das pessoas, se transformou num dos maiores governantes de todo o Estado de São Paulo. A continuar assim, com certeza, logo, logo nos orgulharemos em vê-lo, como representante de todo o povo paulista, lá no Palácio dos Bandeirantes.

Enfim, eu que já havia participado naquela manhã, da entrega do novo Posto de Saúde do populoso e sofrido bairro Santa Eliza (que “baita” unidade de atendimento de saúde foi inaugurada), na companhia de uma figura que “respirou” tudo daquele brilhante projeto, minha amiga Daniela Silva, Assistente Técnica da Fundação UNI – voltarei a este assunto oportunamente – também fiquei orgulhoso por participar de uma corrente dessa grandeza (o meu velho carro foi mais um naquela monstruosa carreata) e, mais feliz ainda, por ver o povo reconhecer publicamente dois amigos que estão ? frente do Poder Executivo local.

Pena que na vida nem tudo se resume em flores; por mais que estejamos esbanjando alegria, vez ou outra vem lá uma dessas pancadas que entristecem o nosso coração e ofusca um pouquinho o brilho da felicidade ora vivida.

Foi exatamente isso que ocorreu momentos antes desta comemoração. Com muita consternação, através do telefone celular, recebi a triste notícia do falecimento de um dos maiores admiradores dos meus bons intentos em favor do bem, um assíduo leitor dos meus “causos” semanais, um amigo que abençoou todas as obras que levei adiante na nossa UNESP e um dos botucatuenses mais ilustres que conheci em toda a minha existência: meu estimado amigo Dom Antonio Maria Mucciollo.

Quis ELE, o nosso PAI que essa grande figura humana, respeitadíssima em todo o Estado de São Paulo, nos deixasse para ir morar no céu ao Seu lado, justamente numa tarde memorável para nós botucatuenses. Descanse em paz querido e já saudoso Dom Antonio.

Meu abraço desta semana endereço, em forma de homenagem póstuma, a um grande unespiano que também deixou um enorme rastro de saudades entre nós: meu amigo Valdir Antonio Magro. Esse grande companheiro com quem convivi, por longos anos, na nossa saudosa FCMBB, faleceu no último dia 27 de setembro.

Prezado amigo, por motivos alheios ? minha vontade, não tive oportunidade de levar o meu abraço de despedida, no entanto, posso confessar que tão logo fiquei sabendo dessa fatalidade pedi ao nosso PAI que o recebesse com as honras que um grande filho faz por merecer e oferecesse ? sua família toda proteção necessária para superar esse fatídico acontecimento.

{n}Rubens de Almeida – Alemão
alemao.famesp@gmail.com