APAPE INAUGUROU SEU NOVO CENTRO DE EQUOTERAPIA

Num cantinho muito especial da cidade (o sítio São José, de propriedade do sempre generoso e solidário Professor de Medicina Veterinária, Carlinhos Teixeira), a APAPE – Associação de Pais e Amigos de Pessoas Portadoras de Necessidades Especiais inaugurou o seu novo Centro de Equoterapia.

O evento de inauguração, muito concorrido por sinal, realizado no último dia 29 de abril, na bonita “moradia” do amigo Carlinhos Teixeira, recebeu muitas autoridades, entre elas, o Prefeito Municipal João Cury Neto e o seu vice, Professor Antonio Luiz Caldas Junior; o ilustre Deputado Fernandinho Cury; vereadores André Rogério “Curumim” Barboza, presidente do Poder Legislativo e Ednei Lázaro da Costa Carreira; Doutor Antonio Rugolo Junior, Diretor Presidente da FAMESP; José Armando Pescatori, Presidente da APAE; professores de Unidades Universitárias do Campus da UNESP de Rubião Junior, entre os quais, José Paes de Almeida Nogueira Pinto, atual diretor da FMVZ e Luiz Carlos Vulcano; um “punhado” de colaboradores e parceiros deste importante Projeto; o Secretário de Comunicação da Prefeitura Municipal Carlos Pessoa que, inclusive, comandou o cerimonial; Amélia Maria Sibar, Secretária de Assistência Social do Município, além, é claro, de grande parte dos diretores desta instituição que presta relevantes serviços à sociedade botucatuense.

Tudo aconteceu de modo bastante emocionante naquela bonita, porém muito fria manhã. Os oradores que utilizaram a palavra o fizeram brilhantemente, até porque, falar de uma instituição do porte e da importância da APAPE é algo prazeroso demais. Todos, indistintamente, enalteceram o trabalho que a APAPE oferece magistralmente aos seus usuários; evidentemente que o Prefeito Municipal foi além ao pronunciar-se, já que vivencia uma forte parceria entre a municipalidade e a promotora do evento. O nosso alcaide aproveitou a oportunidade e fez uma considerável apresentação de dados financeiros repassados à instituição por gestores anteriores e pelo seu governo. Por sua vez o nosso representante na Assembleia Legislativa, que também não poupou elogios aos diretores dessa prestadora de serviços, que cuida, voluntariamente, de pessoas com necessidades especiais, entre outras coisas, deixou claro que elaborará, ainda este ano, emendas parlamentares que deem ainda mais forças para a continuidade desse valioso programa de saúde.

Não menos comoventes foram as palavras ditas pela eterna Presidente da APAPE – hoje ocupando, merecidamente, o cargo de Presidente de Honra dessa casa abençoada – senhora Edith Ribeiro; no entanto o discurso do dirigente maior da instituição, Doutor Samir Dahier Zacarias foi o que mais chamou a atenção dos presentes. Com seu jeitão de interiorano o mestre Samir não esqueceu de nada. Fez um discurso repleto de elogios e agradecimentos. Não deixou de agradecer nenhum dos seus inúmeros “cúmplices” que o ajudam na execução ininterrupta deste trabalho (Reitoria da UNESP, na pessoa do seu eterno Reitor Professor José Carlos Souza Trindade; FAMESP, através dos Professores Antonio Rugolo Junior e Pasqual Barretti, e “nóis”; meus amigos José Jorge Peduti e Neto Peduti, dois grandes baluartes da sociedade botucatuenses; e, principalmente, o “dono” daquele espaço encantador Carlinhos Teixeira, entre outros); não poupou elogios ao seu grupo de funcionários (alguns deles voluntários) e finalizou com a convocação dos convidados para assistirem ao descerramento da “Placa de Inauguração” daquele maravilhoso investimento. Que bela manhã festiva!

Parabéns, queridos companheiros e companheiras deste valioso “Lar” que acolhe e cuida, com muita amabilidade e dedicação, de todos os pacientes portadores de necessidades especiais aqui da terrinha e da nossa região, por conquistarem (por sinal, com muito sacrifício) um local dessa grandeza para que determinados pacientes complementem o seu tratamento com mais sucesso ainda.

Como neste domingo, (15/05), é o Dia do ASSISTENTE SOCIAL, com muito carinho, quero, através desta coluna, cumprimentar os Assistentes Sociais existentes nos quatro cantos deste Brasil que, já há alguns anos, vem sendo “administrado” por políticos nojentos e estapafúrdios que se acham Assistentes Sociais ao “beneficiar” uma família, cujo comandante (por incompetência desses mesmos politiqueiros), está desempregado, com essa malfadada “Bolsa Família”.

Também quis Deus que eu viesse ao mundo, exatamente, neste dia tão significante para essa importante categoria profissional. Além disso, quis ELE que, ao longo desse tempo todo em que marco a minha estada por este mundinho passageiro, eu fosse graduado na escola da vida como mais um Assistente Social sem título, mas com amor e aptidão para o assistencialismo. Aliás, com as graças DELE, quem me conhece, sabe das muitas parcerias que selei com amigos do bem e no pleno exercício de cidadania, sempre “fizemos a nossa parte”, para amenizar o desencaixe social e os tristes quadros de pobreza, fome e miséria; diferentemente desses “picaretas”, travestidos de políticos, que não se incumbem de seu papel, pois se quiserem, de fato, ajudar os mais necessitados, não precisam prestar falsa assistência ao “fabricar” as mais variadas “bolsas”, mas sim, criar emprego para a nossa gente. Só esses crápulas não sabem que apenas com emprego se conquista dignidade. Graças a Deus essa corja está fora do governo, pelo menos por enquanto!

Parabéns pelo seu Dia, ASSISTENTE SOCIAL de todo o Brasil!

Rubens de Almeida – Alemão

alemao.famesp@gmail.com