2º “ENCANTO DE LUZ” FASCINA PÚBLICO NO MUNICIPAL

O Teatro Municipal “Camilo Fernandes Dinucci” foi palco do grandioso evento de dança do ventre, carinhosamente denominado “ENCANTO DE LUZ”, em sua segunda edição, na noite de sábado, primeiro dia do mês.

Mais uma vez, a apresentação do grupo exerceu o fascínio de sua beleza. De um jeito muito especial mexeu com os sentidos dos amantes dessa modalidade de dança que, a cada ano que passa, aumenta admiravelmente o número de adeptos, e é, inclusive, cada vez mais empregada, com muito sucesso, como adjuvante na recuperação de pessoas acometidas de algumas patologias graves. 

Muitas atrações foram oferecidas aos presentes (por sinal, uma plateia entusiasmada que lotou as instalações do aconchegante espaço público) pela Cia de Dança Sonia Suhayla, durante as mais de duas horas de espetáculo.

A magia da dança do ventre esteve presente em cada detalhe: organização, coreografias perfeitas, figurinos belíssimos, enfim, foi sem dúvida um imponente show de talentos. Além da apresentação de 88 alunas da Cia, da talentosíssima professora (divididas em vários grupos), ainda houve a participação de outros professores e convidados especiais, dentre eles, o sempre aplaudido Nil Falak e Patricia Tsumoto; João e Rak Moraes, com o instrumento Derbak, do Projeto de Inclusão Social; os mestres Zuel, Ari, Fernanda e Larissa (com a modalidade Zumba) e uma majestosa lição de vida demonstrada pelas alunas “pacientes” do Projeto “MULHER FELIZ”.

Aliás, ao final da apresentação das “meninas” desse brilhante projeto (encampado total e irrestritamente pela FAMESP – Fundação para o Desenvolvimento Médico e Hospitalar, especialmente por seu Diretor Presidente, Doutor Pasqual Barretti e também, fruto do enorme comprometimento dos profissionais: Doutor José Ricardo Paciência Rodrigues – Mastologista, Samira Rozalém – Fisioterapeuta, Sonia Suhayla – Professora de Dança e Cintia Barbim –  “dona” dos bordados e figurinos, o Teatro quase veio abaixo, tamanha manifestação de admiração demonstrada pela platéia. Com certeza, naquele instante, a emoção tomou conta de todos os espectadores. Foi tudo muito comovente.

Graças a Deus, mais uma vez, tive o privilégio de ser agraciado com uma pequena, porém bastante significativa homenagem, nesta oportunidade, junto com outras duas figuras especiais do meu cotidiano, meus amigos Silvio Geraldo dos Santos, o queridíssimo Dindo e Eder Luiz Martins, o moço mais querido entre as “meninas” do projeto “Mulher Feliz”. Não foi nada diferente das demais apresentações e homenagens prestadas. De novo, a emoção “rolou solta” no palco.

Confesso que vivi momentos inesquecíveis, porque além de “paizão” do Projeto, tenho um carinho enorme por todos (indistintamente) que se abraçaram em prol da execução deste programa que, sem sombra de dúvidas, vem contribuindo (e muito) no resgate da auto-estima de um “montão” de jovens senhoras que enfrentaram o dissabor de ser acometidas pelo câncer de mama.

Parabéns a todos (alunos, professores e organizadores) que proporcionaram a “nóis” uma noite surpreendentemente maravilhosa. Parabéns, estimada Professora Sonia Suhayla pela elegância e talento com que “cuida” das suas promessas.

 

XVII FESTIVAL INTERAMERICANO DE DANÇAS ÁRABES CIAD-BRASIL 2014-11-05

 

Amanhã, a cidade de Bauru estará em festas. O tão aguardado Festival Interamericano de Danças Árabes CIAD-BRASIL, na sua XVII edição acontecerá na “Cidade sem Limites”, exatamente no Teatro Municipal Bauruense “Celina Lourdes Alves Neves” (localizado na Avenida Nações Unidas) e todos os participantes que abrilhantaram o evento realizado no Teatro Municipal “Camilo Fernandes Dinucci”, no sábado passado, também se apresentarão por lá, concorrendo aos inúmeros prêmios que serão ofertados pela organização do evento; as integrantes do Projeto “MULHER FELIZ”, convidadas especiais da organização, lá estarão para elevar o nome da nossa cidade e atenderem esse honroso convite, certamente imprimirão o emblema deste projeto pioneiro e através da dança evidenciarão o quanto a vida necessita de programas desse nível para que possamos viver bem e com saúde.

Na realização passada deste renomado “encontro de artistas” das danças árabes, nada menos do que nove grupos da Cia de Dança do Ventre Professora Sônia Suhayla, receberam premiação do primeiro ao terceiro lugar; outros dois grupos foram contemplados com uma Menção Honrosa e, por fim, a queridíssima Professora Sônia Suhayla, o maior nome do ramo em toda a nossa vasta região, de maneira magistral, “levou para a casa” a “badalada” e mais aplaudida de todas as premiações, ou seja, a de melhor Coreógrafa do CIAD 2013.

Não tenho dúvida alguma de que, ao longo dos dois dias de muitas festividades, muitas novidades nos aguardam. Também tenho a convicção de que neste ano traremos maior número de premiações para a nossa cidade; e, mais ainda, tenho absoluta certeza de que a apresentação das alunas/pacientes do Projeto “Mulher Feliz”, fará toda a diferença neste “badaladíssimo” evento que reúne representantes das “Américas” e abrilhantarão, com aquele modo “pra” lá de comovente, o aguardado Show de Gala do referido festival. É só aguardar! Vamos lá “meninada”!

Feliz e realizado por participar de uma magnífica festividade, em que muita gente do bem marcou presença, no antigo Cine Paratodos, hoje Teatro Municipal (encontrei-me, naquela noite, com um “punhado” de amigos), porém, preocupado com muitas coisas misteriosas que vem ocorrendo, dia após dia, por onde “perambulo” neste mundinho de Deus, aproveito a oportunidade para abraçar calorosamente algumas pessoas que me honram com sua amizade e, mais ainda, que têm a coragem de abraçar causas (como eu) em favor de um mundo melhor para todos.

Carinhosamente envio um abraço especial aos meus amigos “unespianos de carteirinha”, Professores Pasqual Barretti, Antonio Rugulo Junior, José Ricardo Paciência Rodrigues, Eder Trezza e o grande mestre da saudosa FCMBB – Faculdade de Ciências Médicas e Biológicas de Botucatu, um flamenguista roxo e que, com as graças do nosso PAI, está novamente, de “vento em popa”, meu grande admirador e leitor dos meus contos semanais, Augusto César Montelli.

Com afeto ainda maior, abraço uma colega de trabalho lá do FUSS – Fundo Social dos Servidores da FM, HC e FAMESP – que aniversariou, no último dia 4 de novembro: minha amiga, colaboradora (tem muita paciência para corrigir os meus frequentes erros de ortografia) e leitora (forçada) dos meus causos aqui contados, Elaine Pagnin Augusto. Parabéns pelo aniversário, querida amiga!

 

Rubens de Almeida – Alemão

alemao.famesp@gmail.com