12º BPM I HOMENAGEIA O POLICIAL QUE SE DESTACOU AO LONGO DO MÊS

Na sexta-feira (26/02), o auditório da Câmara Municipal de Botucatu recebeu um número expressivo de convidados, autoridades políticas, civis e militares, para a solenidade de entrega do prêmio POLICIAL DO MÊS, um evento já tradicional do 12º Batalhão de Policiamento Militar do Interior.

Desta vez, o policial que recebeu todas as honras do Batalhão comandado, brilhantemente, pelo Major PM Osmar Amaro dos Santos Junior foi o SGT PM Rafael Redondo dos Santos, dedicado que fez toda a diferença no vizinho município de Conchas.

Este policial no exercício da DEJEM – atividade que exerce nas suas horas de folga – levou para detrás das grades um indivíduo de alta periculosidade, que vinha cometendo crimes naquela localidade, mais precisamente, comercializava armas de fogo, clandestinamente. Gente boa a pessoa que saiu de circulação né!

Outros quatro PMs, do mesmo 12ºBPM I, também foram reconhecidos nesta mesma “festança” por seus méritos pessoais ao se sobressaírem no cumprimento do dever: são eles o SD PM Marcelo de Souza Furlan, contemplado com a Láurea de Mérito Pessoal de 5º grau; SD PM Fabrício Alves Bezerra, Láurea de 4º grau; CB PM Sérgio Garcia Alves Batista, Láurea de 2º grau e por fim, o CB PM Renato Cristiano Marçal, láurea de 1º grau. Parabéns a todos!

Mesmo com o Brasil todinho “virado de ponta cabeça”, onde o índice de desemprego continua num crescer assustador, de novo, volto a dizer uma frase que, há anos, “vive” em meu subconsciente: Instituição forte e progressista é aquela que valoriza e reconhece o talento dos seus profissionais. A nossa Polícia Militar sempre foi referência nesse importante quesito. Por sinal, utilizei um número incalculável de vezes, todo espaço nesta coluna para enfocar os marcantes destaques que ocorrem, com muita frequência, nessa valiosa corporação; aliás, como “CIDADÃO BOTUCATUENSE”, sinto-me orgulhoso de ter sido agraciado, anos atrás, com a cobiçada Comenda “TOBIAS DE AGUIAR”, numa bonita e inesquecível homenagem que recebi na cidade de Sorocaba, sede maior do Policiamento do Interior 7, na época, comandada pelo Coronel PM Álvaro Batista Camilo, o hoje Deputado Estadual Coronel Camilo.

Que bom seria se todas as Instituições públicas ou privadas de quaisquer atividades cuidassem dos seus colaboradores dessa maneira. Isso ocorrendo, com certeza existiria, entre “nóis”, mais e mais profissionais, de níveis muito mais elevados.

Meus aplausos a todos os comandantes dessa valiosa corporação (por sinal, uma instituição da área de Segurança Pública que quase sempre, é repudiada, injustamente, por grande parte da sociedade brasileira) que, ano após ano, tem o cuidado de promover eventos dessa grandeza, em especial, a quatro oficiais diferenciados que também estiveram presente a essa solenidade: meus amigos Major PM José Semensati Junior, Sub-Comandante Interino do 12º BPM I; Capitão PM Alexander Cagliari, Comandante da 1ª Companhia do 12º BPM I, e ainda, os comandantes do 53º BPM I, com sede em Avaré, Major PM Júlio César Junior e  Capitão PM José Milton Franco de Arruda do 2ºsgb “Corpo de Bombeiros” de Botucatu.

De modo bastante carinhoso, abraço todos os parceiros do encantado programa “LATA VELHA” de Botucatu que,   comandados pelo gigante da SOLIDARIEDADE aqui no nosso município, João Cláudio Tomaz dos Santos, o Joãozinho da Transportadora Aquariun, arcaram com as despesas da reforma da caminhonete (uma condução doada, anos atrás, pelo estimado Doutor Mário Colombeli ao Grupo de Amigos Voluntários) que arrecada doações ofertadas pela sociedade botucatuense, endereçadas aos nossos irmãos carentes. Coisa de cinema! A caminhonete voltou novinha.

Nossa gratidão às empresas, Carbrek de Jaú; Tio Radiador de Barra Bonita; Cardons de Bauru; Auto Peças Berimbau, do meu amigo Bertinho; Casa Cor Tintas; Copical Tintas do amigo Olívio Rubio Junior; Vidro Cor, do grande Zé Carlos; X Tudo; Casa da Borracha, do meu estimado vizinho Enéas Vendramini; Auto Peças Beija Flor; Auto Peças Pedra Branca; Tapeçaria Trovão e, por fim, aos funcionários dessa transportadora que admiravelmente destacam-se constantemente em seu setor – aliás, algo divino e merecedor, até porque o seu proprietário (meu irmão José “Geraldinho” Batista da Silva) sempre abraçou as causas do bem que ocorrem na terrinha – são eles: o funileiro Gambiarra, Marcos Paulino, Cláudio Pintor, Juninho, Adalberto e outros tantos que, sequer quiseram se “mostrar” depois da obra realizada. Parabéns pelo exercício de cidadania caros amigos!

Nada como um artigo dessa importância – afinal estou “falando” de reconhecimentos profissionais (coisa rara neste país sem rumo e sem comando) e de uma ação benevolente que “juntou” muitos braços – para cumprimentar afetuosamente outro expoente do mundo do bem que, para a minha satisfação, é leitor frequente dos meus textos semanais: meu amigo Protogenes do Carmo, o queridíssimo Lico, um dos ferroviários mais destacados da extinta Estrada de Ferro Sorocabana.

Eta “nóis”! De novo volto a abraçar, em forma de homenagem póstuma, figuras expressivas da cidade, que trocaram as maravilhas desta nossa vida para ir ao encontro DELE, o nosso PAI. Lamentavelmente fomos pegos de surpresa com a morte prematura dos amigos Edson “Baixinho” de Castro e Wilson Francisco Santangelo, ocorridas na tarde da última segunda-feira.

O querido “Baixinho”, há décadas, treinador do futebol feminino interiorano, teve um mal súbito e, infelizmente não se recuperou. Já, o âncora da radiofonia “caipira” em Botucatu e região, o queridíssimo Santangelo – outro amigo de longa data – enfrentou um problema pulmonar e também não se recuperou, vindo a falecer.  Difícil de aceitar, no entanto, a vida é mesmo assim!

Descansem em paz queridos amigos. Com certeza, um dia nós voltaremos a nos encontrar.  

  Rubens de Almeida – Alemão

alemao.famesp@gmail.com