“ESSE CARA SOU EU”!

Costumo, em toda homenagem que presto a meus caros amigos, parafrasear os bons compositores musicais, sobretudo quando a história de vida do homenageado assemelha-se à inspiração contida na poesia de determinada canção que salta à minha memória.

Pois bem, orgulhosamente recebi o convite para assistir a posse do meu amigo Professor Pasqual Barretti, ocorrida na tarde da última sexta-feira (17/07), no belo, aconchegante e luxuoso auditório do Colégio La Salle e, na noite do mesmo dia estive presente na festa de confraternização dessa dupla de professores (Pasqual e Kika), que terá a incumbência de administrar a nossa conceituada Faculdade de Medicina de Botucatu (FMB) nos próximos quatro anos.

Saí da solenidade com o pensamento voltado insistentemente no trecho de uma melodia com a qual iniciaria este meu texto; fragmento da letra de uma linda música (Amigo), do Rei Roberto Carlos que, tem muito a ver com o carinho que nutro pelo amigo Pasqual, há quase duas décadas, principalmente pelas diversas parcerias que selamos ao longo desse tempo – aliás, todas vitoriosas e cheias de sucesso: “… VOCÊ MEU AMIGO DE FÉ, MEU IRMÃO CAMARADA…”

 No entanto, durante a festança, lá no salão de festas “LUZ TROPICAL”, à noite, uma bela surpresa foi reservada ao novo Diretor da FMB. O casal de amigos Cristina e Nilson Osório, proprietários daquele encantado espaço para eventos festivos, apresentaram, aos presentes, o COVER do Rei Roberto Carlos, especialmente convidado para animar a noite. Num determinado momento do show, esse grande artista da capital paulista, chamou ao palco o “dono da festa” para juntos, cantarem a música “ESSE CARA SOU EU”, que tem muito a ver com a bonita trajetória de vida que o mestre Pasqual construiu dentro da Universidade. Depois das maravilhas que presenciei, resolvi “voltar atrás” e mudei o título da minha homenagem como podem ver.

Bão”, agora vou “falar” um pouquinho da luminosa solenidade que empossou dois respeitáveis docentes do quadro da FMB: o homenageado pelo COVER do Rei (Pasqual Barretti, um ex-aluno da extinta e saudosa Faculdade de Ciências Médicas e Biológicas de Botucatu, componente da 14ª Turma de Formandos de Medicina) e a professora Maria Cristina “Kika” Pereira Lima, outra referência positiva entre os professores de medicina.

A cerimônia, como já era prevista foi emocionante demais. Os discursos, quase na totalidade, muitíssimo aplaudidos, especialmente, devido ao fato de que cada um dos oradores soube mostrar o porquê da sua estada nesta grandiosa SOLENIDADE DE POSSE.

Foi assim quando o Presidente da Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo, o Deputado Fernando Capez, fez uso da palavra. Com muita objetividade, o renomado Promotor de Justiça e Professor de Direito, ora exercendo o maior cargo do Legislativo Paulista, falou da honra em estar num evento dessa envergadura; abraçou um a um os componentes da mesa e saudou os seus amigos que estavam na platéia; voltou a se declarar parceiro da FAMESP, do Hospital das Clínicas e da UNESP e dispensou a maior parte de seu discurso para enaltecer as qualidades do amigo Pasqual.

Não foi diferente a demonstração do Chefe do Executivo Botucatuense João Cury Neto e do Presidente do Poder Legislativo Botucatuense André “Curumim” Rogério Barboza quando utilizaram os microfones. Ambos, nos poucos minutos de apresentação, conseguiram dar um brilho ainda maior ao evento. O nobre vereador Curumim, além da brilhante explanação, conseguiu “driblar” o protocolo e prestar, em nome dos seus companheiros vereadores, uma significativa homenagem aos diretores e vices (cessantes e empossados).

Já o alcaide “botucudo”, João Cury Neto, seguiu bem à risca o seu velho estilo. Com uma clareza de causar espanto, não perdeu tempo em valorizar as parcerias na área da Saúde, firmadas nos últimos quatro anos envolvendo a Municipalidade, a FMB, o Hospital das Clínicas e a FAMESP que, de maneira esplendorosa, beneficiou toda a sociedade botucatuense.

O prefeito ainda citou a evolução da Saúde efetivada nesse meio tempo: implantação do PS Pediátrico, PS Regional, Clínica de Dependentes Químicos, Hospital Estadual, etc. Deixou clara a sua vontade de continuar nessa marcha em prol de uma boa sequência desses avanços e, finalizou sua participação “enchendo a bola” do amigo Pasqual.

Em seguida o sempre amigo e parceiro de todos os botucatuenses, Deputado Federal Milton Casquel Monti, também deixou sua mensagem. Com muita tranqüilidade, esse “baita” representante de toda a nossa vasta região não poupou elogios à nossa “faculdade” chegando, inclusive, a compará-la às melhores “escolas” de Medicina do Brasil. O grande Miltinho (que logo após o encerramento daquele Ato Solene viajou para Jaú, onde, na Câmara Municipal daquela localidade, recebeu o Título de CIDADÃO JAUENSE) demonstrou um enorme orgulho em ter ajudado com emendas parlamentares (por diversas vezes, inclusive, com uma que está a caminho) o HC; prometeu continuar lado a lado com a nova diretoria da FMB e como os demais oradores, não deixou de exaltar a figura do novo Diretor da FMB, seu particular amigo Pasqual Barretti.

Exatamente como anunciava o protocolo, tão logo os novos diretores proferiram suas manifestações de afeto, a autoridade máxima da UNESP, a Vice-Reitora Professora Marilza Cunha Rudge – na oportunidade representando o Magnífico Reitor Professor Júlio Cesar Dorigan – encerrou a solenidade agradecendo a contribuição dispensada pelos diretores cessantes; desejou muita sorte aos empossados e finalizou a sua oratória abordando alguns assuntos de interesse da comunidade unespiana.

Enfim, a nossa “faculdade” está de comando novo. Como funcionário da “casa”, há quarenta e sete anos, não tenho outra coisa a fazer, senão parabenizar toda a nossa comunidade, por ter escolhido uma pessoa do mais alto nível e “pra” lá de competente para nos representar. Também desejo a esses amigos que tenham muita sorte e sucesso neste novo desafio. Como dizem os “tucanos botucudos”: #TAMOJUNTO!

Meus cumprimentos a toda a equipe da organização da festa – aliás, um “time” maravilhosamente bem comandado pela eficiente colega Eliane Sato – e a todos os Professores Eméritos da Faculdade de Medicina.

Fiquei imensamente feliz de poder abraçar figuras maiúsculas do meu convívio em tempos idos, como os mestres José Carlos Souza Trindade, Cleide Enoir Petean Trindade, Antonio Carlos Cicogna, Dináh Borges de Almeida, Francisco Humberto de Abreu Maffei, Helga Verena Leoni Maffei, Pedro Thadeu Galvão Vianna, Paulo Abreu Machado, Joel Spadaro (achei falta do queridíssimo Professor Eder Trezza) e muitos outros. Coisas dessa vidinha gostosa de se viver!

 

Rubens de Almeida – Alemão

alemao.famesp@gmail.com