Até quando?

“Patrícia Moreira vai posar nua!”. Essa manchete pode parecer um descalabro, mas como estamos no Brasil, não me surpreenderia. Essa gaúcha de 23 anos é hoje o maior símbolo do racismo, essa coisa nojenta que paira, impunemente,  no Brasil. Ela foi flagrada num jogo de futebol chamando o goleiro Aranha do Santos, de macaco.

Essa mesma guria também já havia posado numa foto, de língua prá fora,  ao lado de um macaco com a camisa do Internacional. Então, de santa ela não tem nada. Só a carinha ingênua.  Mas está pagando caro pelo ato e seu gesto ficará marcado para sempre em sua vida e onde for levará consigo o estigma do racismo nas costas.

Mas, a bem da verdade, já estão fazendo desta garota um bode expiatório. Com se culpada fosse pelo racismo no Brasil. As imagens também mostram um grupo de torcedores gremistas (inclusive negros, pasmem) fazendo acenos e caretas imitando macaco. Porque só ela está passando por tudo aquilo? De inocente ela não tem nada, mas não está nessa sozinha, caramba! Cadê os outros?

Até quando esse tipo de coisa vai continuar acontecendo no país? Eu que (parodiando Vinicius de Moraes, com todo respeito naturalmente) me considero o botucatuense branco mais negro da Cidade, só posso repudiar veementemente esse tipo de atitude. Infelizmente ainda há quem julgue uma pessoa pela cor de sua pele.

E isso também vale para a discriminação sexual, que é outra escara que não cicatriza e está encalacrada no seio da sociedade. Cada cidadão ou cidadã tem o direito legítimo de escolher sua preferência sexual. Seja ela qual for. Podemos até não concordar, mas quem somos nós para discriminar?  

Cada qual tem o livre arbítrio para fazer o que quiser e viver da maneira que o satisfaça, desde, é claro, que não exceda limites em público. Pior são esses pseudos religiosos (multimilionários) por aí que discriminam a orientação sexual do semelhante e exploram incautos vendendo milagres e prometendo riquezas em nome de Deus.

Então, esses crimes de discriminação, sejam eles racial ou sexual têm que acabar de uma vez por todas. Isso só vai ser minimizado se penas severas forem aplicadas aos criminosos. Não adianta campanhas, passeatas ou coisa que o valha, se os nossos governantes continuarem de olhos fechados e braços cruzados.  Tudo isso acontecendo e eles ficam em praças dando milho aos pombos.