Ser idiota é uma opção; veja vídeo

 

O significado da palavra idiota pode ser traduzido em diversos sentidos, porém vou me ater no sentido popular da palavra, ou seja, o termo nos leva a uma identificação com uma pessoa ignorante, um indivíduo tolo, desprovido de inteligência e bom senso, uma pessoa incapaz de pensar além de seus interesses pessoais, um indivíduo capaz de fazer de tudo para ser notado, inclusive se tornando ridículo e de atitudes imbecis e cretinas. Porém um idiota acaba revelando sua insignificância e o seu ser nada no mundo social através de suas idiotices, como um necessitado de atenção e holofotes, pois não consegue ser ninguém fora de seus atos.

whatsapp-image-2016-10-03-at-17-17-44Muitos idiotas podem ser confundidos com vândalos, os quais se encontram no mesmo patamar de compreensão e identificação. Todo ser humano é livre e deveria se tornar responsável de suas escolhas. Somos livres para utilizar de nossas praças públicas para nosso lazer, estar com amigos e familiares, mas é possível notar atitudes de verdadeiros idiotas que queimam lixeiras, quebram bancos, pisoteiam os jardins e deixam suas idiotices esparramadas pelo chão, isto é, os idiotas se revelam pelas marcas deixadas. Eu me pergunto….”por que este idiota não queima o sofá da casa dele…não quebra os móveis da própria casa ou talvez deixe o lixo esparramado pelo chão onde mora?”

A cidade pode ser reconstruída e melhorada com diversas modalidades esportivas e culturais favorecendo o convívio entre os munícipes, como a ciclovia por exemplo, mas se um idiota resolve colocar uma linha de nylon para prejudicar as pessoas, evidentemente que este idiota, além de demonstrar sua ignorância e sua cretinice, poderia prejudicar as pessoas com a sua idiotice. Ninguém nasce idiota, mas adquire sua capacidade de se tornar um perfeito idiota na medida que cresce e não consegue conviver consigo mesmo e por isso culmina em não conseguir conviver com ninguém, além de não suportar ver a alegria do outro, pois no fundo é um perfeito infeliz. Aqui também me pergunto…”por que este idiota não amarra uma linha de nylon entre os cômodos da própria casa?”

Realmente a vida é uma escolha onde as pessoas podem escolher pela perfeita idiotice e mediocridade ou ser uma pessoa evoluída, capaz de conviver, ter tolerância, fazer o esforço para amar mesmo nas diferenças, estas marcas permanecem para bem, encontros que nos marcam profundamente e que podemos marcar as pessoas que encontramos, desta maneira não preciso destruir para ser notado, basta  construir e fazer um caminho onde eu possa somar para o bem comum, pois o ser idiota não é capaz de pensar além de seu próprio umbigo.

Padre Emerson Anizi