Treinamento Funcional – Com José Nelson

IMG_7254

Com o avanço da tecnologia e agitação do mundo moderno as pessoas estão cada vez mais sedentárias e o resultado disso é o aparecimento de muitas doenças crônicas como cardiopatias, diabetes, hipertensão arterial, dislipidemias e algumas alterações posturais que podem causar perda da mobilidade como artrites e artroses que somados podem, inúmeras vezes, causar sérios problemas à saúde.

O mercado fitness a cada dia vem se aprimorando e se moldando buscando meios e métodos de treinamento motivantes tentando atender toda a população, mas principalmente as pessoas que ainda não se conscientizaram da importância da atividade física para a manutenção de uma vida saudável.

São inúmeros os pacotes de aulas e tendências fitness oferecidos por muitos estabelecimentos e o Treinamento Funcional é um deles.

Embora pareça mais um modismo do mundo fitness, o Treinamento Funcional já é uma realidade por se tratar de um sistema estruturado de treinamento. Muitas equipes profissionais, em nível mundial, de várias modalidades esportivas, vem utilizando deste artifício para preparar de forma funcional seus atletas, ou seja, de forma a atingir os reais objetivos de preparação física visando a especificidade técnica e táctica individual em cada modalidade esportiva, sendo um sistema totalmente adequado aos atletas profissionais e aos “atletas da vida real” como crianças, jovens, adultos, idosos, gestantes, cadeirantes entre outros.

O Treinamento Funcional vai muito além da realização de exercícios em cima de bolas, escadas de agilidade, deslocamentos e saltos em forma de circuito (várias estações com exercícios variados realizados por um período de tempo). O sistema visa o condicionamento global, a inteligência corporal e o treinamento específico através de movimentos que treinam o corpo para as atividades desenvolvidas na vida diária nas funções para as quais ele é originalmente desenhado como andar, correr, saltar, girar, sentar, levantar, empurrar, puxar, lançar e receber.

O termo Treinamento Funcional refere-se à aquisição de conhecimento, habilidades e competências de forma eficaz, utilitária e prática, significa treinar o movimento com propósito, através de métodos variados apoiados nos princípios básicos do treinamento, com foco em tornar o corpo mais inteligente produzindo movimentos mais precisos e eficientes.

TF_02Para atingir seu propósito o sistema pode se utilizar de vários métodos de treinamentos como o Pilates, a musculação e o levantamento de peso olímpico (LPO), além de exercícios de equilíbrio, estabilização e propriocepção também utilizados na Fisioterapia somados a movimentos esportivos de deslocamentos, giros, saltos e arremessos.

O treinamento se inicia com foco em equilíbrio muscular, amplitude de movimento, estabilidade do CORE (centro, essência, de onde parte algo / Região Lombo – Pélvica – Quadril), fundamentos dos padrões básicos de movimento e ganho de maior domínio sobre o próprio corpo.

Depois de desenvolver força, potência, mobilidade, agilidade, velocidade, estabilidade e resistência, sessões variadas de treinamento, complexas e desafiadoras promovem adaptações positivas que se transferem aos movimentos da vida real.

TF_03A metodologia CORE 360 de Treinamento Funcional, utilizada aqui em nosso espaço, se desenvolve em nove pilares distintos sendo totalmente interligados e dependentes entre si o que favorece um treinamento global do corpo. São eles: Preparação do Movimento, Preparação Muscular, Treinamento do CORE, Potência, Agilidade e Velocidades, Tarefas de Transferência, Desenvolvimento de Sistemas Energéticos (DSE), Prevenção de Lesão e Regeneração, que serão explicados em nossos próximos encontros.

Esta é a forma que desenvolvemos o Treinamento Funcional aqui no Espaço ELO e para quem não nos conhece, venha nos visitar! Nosso TIME está esperando de braços abertos!

 

TF_01

Grande abraço a todos e até a próxima.

Prof. José Nelson Rizzo de Castro

Preparador Físico

ESPAÇO ELO