Preparação física para atletas de lutas!!!

1° Periodização é fundamental: 

É comum vermos lutadores que iniciam sua preparação com exercícios que deveriam ser usados somente na fase específica de treino. É fundamental manter uma periodização bem feita, para que seja possível atingir melhores desempenhos e previna-se lesões. Por isso, fazer uma boa base inicial, seguida de um período específico é o ideal para uma boa preparação física.

2° A importância do treinamento funcional: 
Durante muitos anos, a preparação física foi segmentada, com exercícios altamente específicos para determinados grupos musculares. Porém, o resultado não era nem de perto o esperado. Com isso, adaptou-se o treinamento, baseado em movimentos amplos, das lutas. Por exemplo, um exercício que envolva agachamentos, giros de tronco e saltos, é mais interessante do que um exercício monoarticular (cadeira extensora, por exemplo).

3° Foco nas vias energéticas: 
Atletas de lutas necessitam de um treinamento predominantemente anaeróbico. Como praticamente todas as lutas se caracterizam pela prevalência da potência e consequentemente da resistência anaeróbica, este precisa ser o foco da preparação física.

4° Não se esqueça da especificidade: 
Este é o item mais importante de qualquer preparação física. Cada luta tem aspectos muito específicos, que são determinantes para o sucesso do lutador. Alguém que lute jiu jitsu, necessita de movimentos diferentes de um carateca. Por isso, antes mesmo de pensar em termos de preparação física, precisamos eleger as prioridades a serem trabalhadas, de acordo com a especificidade de cada luta.

Portanto é importantíssimo que a pessoa responsável pela preparação física do atleta, conheça profundamente as necessidades e demandas de cada modalidade de luta.

Thiago Peduti