CARREIRA PROFISSIONAL E SUAS COMPETÊNCIAS

edson.jpgUma das fases mais difíceis da vida é o momento da escolha profissional. Muitos jovens nessa fase da vida entram em parafuso, mas o que muitos não sabem é o que está por vir: a definição dos objetivos dentro da carreira escolhida. Aí é outro momento de muita responsabilidade, pois já envolve outras questões.

A primeira delas é a inutilidade de se pensar em fazer escolhas certas, isso não é possível e só saberemos depois se era o melhor caminho. Acredito que nossas escolhas têm que ter uma boa margem de assertividade, ou seja, uma boa reflexão de prós e contras da decisão. Ser assertivo, em certa medida, é ter competência emocional para decidir e saber aonde quer chegar, não ficar de “mimimi”, como se diz ultimamente. Acreditar em si mesmo e ser proativo também são competências de quem é assertivo, o que denota boa estabilidade emocional.

A partir da decisão o próximo passo é organizar-se para ir à busca do objetivo, aí é foco naquilo que se quer. A auto-estima é fundamental nesse momento, pois o indivíduo positivo, com auto-estima preservada é aquele quer decide, define e vai à luta. Note que esses conceitos vêm sendo muito apreciados pelas grandes empresas, mostrando a atualidade e o futuro do mundo corporativo. Um sujeito empreendedor, não menos do que isso as corporações esperam de seus colaboradores.

As empresas para oferecerem uma promoção avaliam diversas competências desejáveis, além das técnicas obrigatórias, entre carreira-04-08-2011elas podemos referir as seguintes: intelectuais, comunicativas, sociais, comportamentais e organizacionais. Saber transferir conhecimento (intelectuais), negociar e comunicar idéias (comunicação), relacionar-se bem com pessoas e equipes (social), ter iniciativa, capacidade e vontade de aprender, abertura para mudanças (comportamentais) e, finalmente, ter compromisso e responsabilidade com os resultados, saber gerenciar tempo, resultado e recursos (organizacionais), essas são as tais competências.

Portanto, se você está buscando um novo rumo para sua carreira, é preciso olhar para isso e organizar as competências faltantes ou que estejam deficientes em você. As empresas buscam mais do que profissionais, buscam empreendedores e lideres que possam ter o arrojo necessário e o desejo de progredir. Se você tem a qualificação técnica necessária para aquilo que almeja, organize suas competências e vai lá rumo àquilo que você acredita.