Afogamentos : É hora de prevenir !!

Afogamento é um tema recorrente no verão, devido aos acidentes característicos :Afogamentos em rios, mares, lagoas, cachoeiras e piscinas. Segundo a Sobrasa – Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (http://www.sobrasa.org), 17 brasileiros morrem afogados diariamente, com 75% das mortes em represas e rios, e , mais grave , 51% das mortes de crianças entre 01 a 09 anos de idade ocorrem em piscinas e residências !! É mais seguro ter uma arma em casa do que uma piscina !! Paradoxal hein !! leia este trecho retirado do livro Freaknomics, do economista Steven D. Levitt :

“Ninguém mais suscetível ao terrorismo de um “especialista” do que um pai ou uma mãe….

O problema é que eles costumam temer as coisas erradas. Não lhes cabe culpa por isso. Distinguir fatos e boatos é sempre difícil, principalmente para um pai (ou mãe) ocupado. E o burburinho causado por “especialistas” é tão acachapante que eles quase não conseguem pensar por si mesmos….

? Consideremos os pais de uma menina de oito anos chamada – digamos – Molly. Suas duas melhores amigas, Amy e Imani, moram na vizinhança. Os pais de Molly sabem que os pais de Amy têm uma arma em casa e por isso proibiram Molly de brincar lá. Por essa razão, Molly passa um bom tempo na casa de Imani, onde existe uma piscina na parte dos fundos. Os pais de Molly estão satisfeitos por terem feito uma escolha inteligente visando? ? segurança da filha.

? Segundo os dados, contudo, essa escolha nada tem de inteligente. Todos os anos há um afogamento infantil para cada 11 mil piscinas residenciais nos Estados Unidos (num país com 6 milhões de piscinas, isso representa aproximadamente 550 crianças de menos de dez anos afogadas anualmente). Enquanto isso , a possibilidade de morte infantil por arma de fogo é de uma para cada 1 milhão de armas (num país com um número estimado de 200 milhões de armas, isso significa que 175 mortes de crianças são causadas anualmente por armas de fogo). A probabilidade de morte por afogamento em uma piscina (1 em 11 mil) contra morte por armas de fogo (1 em 1 milhão) nem sequer é digna de comparação: Molly tem aproximadamente? 100 vezes mais possibilidade de morrer afogada na casa de Imani do que brincando com a arma dos pais de Amy.”?

Mas temos que pensar na prevenção agora, no inverno por isso conversei com o representante da Sobrasa em Botucatu, o 1º Sargento PM do Corpo de Bombeiros Celestino, que recomendou cincos medidas para piscinas :

da dilva 01

 

Lembrou ainda Celestino, que temos cachoeiras, rios e lagos em Botucatu, que pelas caracteristicas de acesso sempre , por assim dizer no jargāo policial “dāo novidades”, ou seja, SEMPRE MORRE alguem da nossa cidade afogado.

Vamos prevenir agora para não chorar depois não é ?
da silva 03da silva 02
da silva 04

 

Abraços

Da Silva.