Veja com olhar do outro

Um pescador, ao chegar à margem de um rio, percebeu que alguém estava se afogando.

Jogou-se na água e salvou a pessoa. Quando chegou de volta a mesma margem, percebeu que outra pessoa também se afogava.

Jogou-se na água novamente e também salvou a pessoa.

Chegou à mesma margem exausto e, ao olhar para o rio, viu outro homem pedindo socorro e se afogando como os dois primeiros.
Um outro pescador, que estava chegando e que a tudo assistiu, caminhou mais acima na margem e viu que um homem estava jogando as pessoas no rio.

Ele prendeu o homem e resolveu o problema.

Às vezes quem está de fora do caso tem uma visão mais completa da situação e pode identificar melhor as causas dos problemas eliminando definitivamente o mal pela raiz.

Sempre que estiver tentando resolver uma questão, peça a opinião de alguém que não esteja envolvido e poderá enxergar a situação por um outro ângulo, podendo encontrar, assim, uma resposta melhor para o problema.