TUDO SOBRE A BÍBLIA – nº27

Estamos no Ano do Senhor de Dois Mil e Onze.
Idos da primeira dezena de dias do corrente, onde nosso barquinho já desacreditado por uns e creditado por muitos, corta os mares revoltos de águas profundas e por vezes tenebrosas.
E vencendo estas intempéries “TUDO SOBRE A BÍBLIA” segue virtuosa e vitoriosamente; agora discorrendo sobre as palavras de Tutmósis – com respeito ao aparecimento dos animais marinhos em primeiro lugar demonstrando o surgimento da vida na terra pelo mar confirmando os levantamentos e pesquisas científicas.
O mar foi a fonte de vida não apenas marinha, mas já na criação divinal, YHWH – pronunciado aproximadamente Iavé (tetragrama sagrado judaico que significa o nome de Deus, o Deus único), determinou em ordenança pela sua palavra segundo a versão portuguesa da Torá que diz: “Fervilhem as águas um fervilhar de seres vivos…”
Assim principiando a existência dos animais no planete terra.
A ciência não contradiz a religião nem muito menos a religião se opõe a ciência.
Técnica de ensino e termos diferenciados para descrever os mesmos fatos ocorridos; ainda que em ordem diversa, são comuns em muitos textos da antiguidade.
Vejamos novamente o registro de Bereshit no começo do relato criativo em Gênesis 1:20 – “E disse Deus: Produzam as águas abundantemente répteis de alma vivente; e voem as aves sobre a face da expansão dos céus.”.
Foi nesse mesmo dia , ou seja o quinto que YHWH (Iavé) criou as Grandes Baleias ou melhor dizendo como rezavam as versões mais antigas portuguesas “MONSTROS MARINHOS” [ a versão da Bíblia Ave-Maria conserva este termos na sua 167nºEdição].
Então, temos Deus criando a vida animal na terra partindo dos mares com a criação dos dinossauros marinhos.
Podemos ver que as descobertas fosseis pré-históricas e seus gigantescos habitantes já não parecem tão absurdos.
Tutmósis registra a formação do universo e a criação como realmente foi e podemos agora sobre uma óptica desmistificada desta parte do texto compreender e admirar a sua inspiração divina e toda a obra de Deus.
A Bíblia é maravilhosa e é a Palavra de Deus; e nem por isso temos de ter preconceitos contra ela ou uma falsa ideia a respeito de seu conteúdo; ainda que este pareça difícil de crer.

{n}
Pr. Murilo Mendes Maciel
Teólogo – OTIB nº44

macielmurilo@bol.com.br