TUDO SOBRE A BÍBLIA – nº17

Estamos no Ano do Senhor de Dois Mil e Dez.

Esta é mais uma noite fria; de uma viração em um dia repleto de venturas diversificadas; as quais açoitam a nossa nau navegante em toda sua travessia marítima pelo oceano da existência.

A noite espelha as trevas e a escuridão; mas estas estão suspensas em nosso céu de um breu noturno pontilhado de gotas cintilantes; de um cristal prateado que aparenta como se o nosso Criador estivesse nos olhando e observando durante toda ? noite.

Os olhos do Senhor estão em todos sos lugares por onde nos dirigimos em nosso caminhar costumeiro, nos observando.

O observar divino sempre esteve presente desde os primórdios da formação social no seio de nossa humanidade iludida pelo mal e sua pecaminosidade.
Deus ele é “Onisciente”, ou seja, ele sabe todas as coisas e conhece tudo e a todos pois foi ele quem criou tudo e todos, como encontramos no relato mosaico de Gênesis dizendo:

“No princípio criou Deus os Céus e a terra”.

A geração edênica formada por Deus para ser governante do seu jardim paradisíaco composto de animais que fossem terrestres, aéreos e aquáticos.
Essa geração e registrada no livro da criação, ou porque não dizermos o livro dos começos como o começo da sociedade em sua célula-mão, ou seja, a família.

Deus criou apenas um jardim no Éden e não como muitos especulam um éden mineral e outro éden jardim.

A Bíblia apenas faz menção de um único jardim do éden e este é também chamado de paraíso.

Dentre as versões da Bíblia em língua portuguesa a que figura com a tradução antiga no que diz respeito as criaturas primitivas da terra que habitavam as águas de nosso planeta no princípio – é a Bíblia “Ave-Maria”.

O texto dessa versão vem grafado da seguinte maneira – “Deus criou os monstros marinhos …”, Gênesis 1:21 fonte: Bíblia Ave-Maria 167.ªEdição 2005.

Outras versões como a Ecumênica TEB “…grandes monstros marinhos…” também com concorde com as traduções antigas; a Almeida, Revista e Atualizada “…grandes animais marinhos” – [aqui já começa uma mudança]; Almeida, Revista e Corrigida “…grandes baleias…” [aqui já mudou totalmente].

De posse de dados arqueológicos e de fósseis e novas descobertas a cada dia juntamente com essa diversidade de versões da mesma tradução da Bíblia em nosso idioma todas com alta qualidade e tecnologia.

Podemos refletir e concluir sem duvidas que Deus criou realmente os animais pré-históricos como os fósseis têm demonstrado e a bíblia faz menção como aqui vemos.

{n}Pr. Murilo Mendes Maciel
Teólogo – OTIB nº44
macielmurilo@bol.com.br{/n}