Será que vai acontecer?

Aconteceu…

Acontece…

Acontecerá…

Acontecido…

Pode acontecer…

Será que vai acontecer?

É são questões, são afirmações difíceis da gente entender, ou da gente resumir. São questões que muitas vezes advém ao nosso coração e que nos levam a ficar preocupados. Será que vai? Será que vai acontecer? Será que… simplesmente será? Eu me coloco a pensar, será que muitas vezes nós não vivemos querendo responder perguntas que não tem respostas, ou queremos afirmar coisas que não tem afirmação?

Olhando do alto da capela da casa que eu moro, eu vejo os carros que passam as nuvens que se empurram as folhas que se embaraçam pelos ventos que sopram, e fico pensando, porque será que somos tão preocupados em fazer e acontecer? Porque será que somos tão preocupados em buscar acontecimentos que sejam firmes, ou que sejam solucionáveis, ou que sejam fixos em nossa vida, se a vida é sempre uma surpresa.

Não que a gente tenha que parar de se preocupar ou de lutar para que o mundo seja melhor, ou que a gente seja melhor ou que tudo seja melhor, não é isso. Mas temos sim que aprender que os acontecimentos de hoje são os reflexos dos acontecimentos de ontem e podem ser alicerces bem formados e fixados dos acontecimentos de amanhã. Nós não podemos deixar, deixar que cada coisa passe sem fazer acontecer. Nós não podemos deixar para amanhã aquilo que tem que acontecer hoje, mas também não podemos acontecer hoje, aquilo que só pode acontecer amanhã. As nuvens que se empurram nos céus, elas se empurram hoje, amanhã talvez nem estejam aqui, ou seja, de fato não estarão, serão novas nuvens! O tempo passa, tudo passa e tudo se vai assim como tudo vem, precisamos fazer e acontecer.

 Com um beijo de Jesus, pelos lábios de Maria e no abraço de José,  esse povo de fé que fez acontecer  e sempre continuarão acontecendo, este amigo Padre Delair Cuerva, fmdp.

Não se esqueça assista : WWW.asfabrasil.com

Deus te abençoe!