Que será que acontece neste mundo?

Por vezes podemos fazer tanto, mas estacionamos em fazer tão pouco.

Outro dia vi uma história onde um homem cego carregava outro aleijado para que um fosse os olhos daquele que não enxergava e o que nada via fosse as pernas daquele que não andava e me coloquei a pensar na causa que nos leva a não ser os olhos do irmão cego e as pernas do que não anda e porque não conseguimos estar de braços abertos a acolher aquele que mais sofre… O que será que aconteceu com nossa fraternidade, nosso ser irmão?

Será que nunca entenderemos que podemos sim ser apoio para aquele que nos rodeia e que podemos um dia estar no lugar da pessoa ? qual viramos as costas?

Somos ávidos a sermos felizes, mas nos afastamos desta felicidade tendo as manias bobas que temos hoje de achar que nosso mundo é o que importa… Esquecemo-nos com tanta facilidade da regra básica de nosso existir que não é isolamento e acabamos por achar que podemos tudo sozinhos ou com nossas realizações altruístas.

Fico aturdido ao ver nos noticiários escritos ou em vídeos quanta falta de amor ao próximo existe em nosso tempo… Quantas aberrações no demasiado egoísmo podemos encontrar hoje em todos os meios de nossa sociedade.

Quando será que aprenderemos a lutar por coisas que permanecem e não as passageiras que nos fazem felizes em poucos momentos quando deveríamos pensar naquilo que seja perene?

Tão difícil crer nas pessoas hoje, não?

A sorte deste mundo moderno é ainda ter gente honrada que quer ver um mundo melhor e que luta por melhores condições de vida e que não se cansa de tentar ver uma luz ao final do túnel tal e qual um anjo a fazer mover as águas do tanque de Betesda que, pela tradição do povo Hebreu agitava as águas a trazer a cura aos enfermos que o ladeavam e muitas bênçãos podem acontecer se nos abrimos a fazer nossa parte… Não devemos parar, pois parados não chegamos a lugar algum…

Tudo pode acontecer se nos abrirmos a fazer o máximo possível para sermos felizes e fazer alguém feliz…

Rumo ? felicidade sigamos avante…

Com um beijo de Jesus, pelos lábios de Maria e no abraço de José:

Pe. Delair Cuerva, fmdp

*** Não deixe de ir ? sua comunidade neste próximo Domingo… Ele lhe espera lá!