Quaresma, tempo de refletir…

{n}Quaresma…{/n}

{n}Mais um tempo para pensar e repensar.{/n}

Mais um tempo para podermos ir ai âmago (fundo) de nosso ser e ver como estamos vivendo a vida e como estamos fazendo a vida acontecer em nós.

Mais um tempo de meditar se estamos realmente fazendo aquilo que Deus espera de nós ou se estamos fazendo aquilo que queremos que façam por nós.

Mais um tempo… Acho lindo isso! Deus sempre nos dá mais um tempo! Ele não nos obriga a irmos onde Ele quer, mas espera que a gente possa ver o que é melhor… Este é o verdadeiro amor.

{n}Quaresma é tempo de tudo isso e muito mais.{/n}

É tempo de reciclar, tempo de ponderar, tempo de ver como ajeitar as coisas por dentro de nós e a CNBB (Conferência dos Bispos do Brasil) fala que também é tempo de reciclar as coisas por fora; na sociedade… Bem, por isso surgiu a Campanha da Fraternidade que este ano leva a frase bíblica: “não podeis servir a Deus e ao dinheiro” (MT6, 24) para ensinar a gente a colocar em prática aquilo que dizemos crer.

Tendo como cerne a lembrança de relação entre fraternidade e economia vem nos ensinar a colocar a fé na vida e a vida na fé.

Precisamos, e urgente, tomar consciência de que não somos seres alienados; perdidos; soltos no espaço, mas que temos algo urgente a fazer pela sociedade, pela família e em nossas convivências.

Não podemos ser as mesmas pessoas depois de conhecermos a Jesus. Ele tem que nos levar a sérias mudanças e as mesmas mudanças têm que passar pela nossa vida integralmente… No corpo e na alma.

Bem por isso, a CF (Campanha da Fraternidade) vem todo ano nos relembrar temas do nosso dia a dia; pois a palavra de Deus é viva e se faz atuante em nossa vida.

Quaresma é isso; mas também é ir fundo em nossas tradições e espiritualidade de lembrar que um Deus fez-se carne e habitou entre nós para morrer e mostrar que somos amados e podemos ser melhores a cada dia.

{n}Vamos tentar viver bem esta quaresma?{/n}

Vamos lutar para que nossa vida seja transformadora e realizadora da vontade do Senhor?

Procuremos fazer desta quaresma a melhor de nossa vida. Lembrando que de nada adianta receber as cinzas se não fizermos por merecê-las na lembrança de que somos pó e ao pó retornaremos ou de que temos que nos converter e crer no evangelho como são as frases que o bispo, padre, diácono ou ministro estarão a dizer ao depositá-las sobre nossa cabeça.

Padre Delair Cuerva
Presidente e fundador da ASFA – Associação Sagrada Família