PRIMEIRO ME EXPLIQUE

Um homem estava pregando o evangelho a alguns amigos na casa de alguns deles, quando um outro homem chegou. Sendo ateu este que chegara. pôs-se a interromper a conversa com perguntas sem sentido, com o objetivo de perturbar. E ali com toda a paciência respondia as perguntas que lhe faziam. Por fim o ateu perguntou:
__Eu só aceito seu evangelho se você me responder: como é que surgiu o mau e o pecado no universo?
__Meu amigo, você esta indo contra a ordem normal dos fatos. Você deveria primeiro aceitar o evangelho para depois, quem sabe, receber a resposta para tudo isto. Por exemplo: eu sou salva_vidas. Quando vou salvar alguém, não fico investigando porque ele está se afogando, mas primeiro tento salva-lo. Imagine se eu lhe dissesse: “Só salvo você se me disser por que está se afogando”, ou se ele me dissesse, como você: “Eu só deixo você me salvar se me explicar primeiro como começou este afogamento”. Se isso acontecesse , ele estaria correndo o mesmo risco que você: morrer sem obter a resposta. Eu, particularmente, preferiria ser salvo e nunca ficar sabendo como o afogamento começou.
Talvez você esteja se afogando na frustração da vida, no vazio do pecado, na incerteza do amanhã e ainda esteja insistindo em primeiro
saber porque tudo isto está acontecendo . Desista disso e permita que Deus tome conta de sua vida. Ele é a única resposta que precisamos.