PIRATAS DO CARIBE 4 – NAVEGANDO EM ÁGUAS MISTERIOSAS ( ROB MARSHALL – 2011 )

Mais uma sequencia de Piratas do Caribe e mais um sucesso de audiência da Disney. Óbvio? Nem tanto. Houve quem esperasse fracasso do filme afirmando que a franquia já demonstra sinais de cansaço e que ninguém agüentava mais os trejeitos e estripulias do Capitão Jack Sparrow.

Em parte há uma verdade nisso. A franquia da Disney realmente já apresenta sinais de cansaço e demonstra cada vez mais dificuldades em elaborar enredo plausíveis para reafirmar as aventuras do personagem de Johnny Depp. Isso é claramente perceptível em “Piratas 4”, onde Sparrow ( Depp ), Barbossa (Geoffrey Rush ) e Angélica ( Penélope Cruz), antigo “cacho” de Sparrow, fazem de tudo em busca da famosa e lendária Fonte da Juventude.

Nesta quarta sequencia, a história não se atrela muito aos enredos anteriores, há personagens novos e foca mais as estripulias de Jack Sparrow, sempre magistralmente interpretado por Johnny Depp. O enredo não é lá muito profundo, nem muito cheio de mistérios como dá a entender o título do filme, nem exige muita atenção do espectador, mas os efeitos especiais e as atuações impecáveis de Geoffrey Rush e Johnny Depp valem cada centavo do ingresso.

Rob Marshall substitui Gore Verbinski na direção de “Piratas: navegando em águas misteriosas” e, ao contrário de “Piratas do Caribe: No fim do mundo”, “Piratas 4” é mais rápido, leve e descontraído e sem o drama que acometeu os personagens de Keira Knightley e Orlando Bloom que, por sua vez, não estão mais nesta sequencia.

Se os sinais de cansaço da franquia são uma verdade, o que vem e encontro a isso é justamente o personagem de Depp. Jack Sparrow está para se tornar um dos mais queridos e caricatos personagens do cinema atual e os espectadores não se cansam de vê-lo em ação. Vamos ser francos, Johnny Depp “carrega” a franquia nas costas e, preparem-se, não seria surpresa se a Disney viesse com um “Piratas 5”, afinal, a sequencia final de “navegando em águas misteriosas”, dá um gancho óbvio para mais um filme da franquia.

Os fãs de Jack Sparrow agradecem.

Érika Svícero Martins França
Jornalista – MTB 28.063

{bimg:23668:alt=interna1:bimg}